EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

22 de Outubro de 2019

Mudança do Terminal de Passageiros e 'PPP das Palafitas' podem transformar o Porto de Santos

Secretário estadual de Transporte e Logística, João Octaviano Machado Neto, falou sobre propostas do Governo de SP para desenvolver a região

O Governo do Estado de São Paulo tem olhado para o desenvolvimento do Porto de Santos. É o que garante o secretário estadual de Transporte e Logística, João Octaviano Machado Neto. De acordo com ele, existe um trabalho desenvolvido em duas frentes para investimentos, tanto na Margem Direita quanto Esquerda do Porto.

A primeira ideia é a mudança do Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini (Concais)‎,  hoje localizado próximo ao Cais da Marinha, para a área dos antigos armazéns do Valongo. O projeto tem ganhado defensores no meio político, como o deputado estadual Kenny Mendes (Progressistas).

De acordo com Machado Neto, o Governo do Estado já tem o apoio do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), uma vez que a região é área de tombamento pelo órgão. O titular da pasta adiantou que o estado já abriu conversas e que o Condephaat concorda com a liberação do trecho.

"É uma área que não tem capacidade de crescimento para carga, porque é muito estreita. Nem tampouco para o granel, que irá trabalhar em uma outra área. Ali, pela condição dela, se recupera aquela estrutura e dá condições de investimento para atividades comerciais, como restaurantes, lazer, e equipamentos de apoio a essa atividade do embarque de passageiros. E vai liberar uma área importante do Porto, para que você tenha mais um ou dois berços para movimentação de contêineres", avaliou Octaviano.

PPP das Palafitas

Em paralelo a isso, o secretário destacou que está em andamento um projeto para desapropriar áreas próximas ao Porto hoje ocupadas por submoradias. A ideia é um investimento em habitação, para que essas famílias sejam retiradas e aquela região seja ocupada pela atividade portuária.

O Governo de São Paulo tem tratado a ideia como a "PPP das Palafitas". Segundo João Octaviano Machado Neto, o governador João Doria (PSDB) autorizou o secretário da Habitação, Flavio Amary, para que faça essa liberação junto aos prefeitos de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB); Guarujá, Válter Suman (PSB); e Cubatão, Ademário Oliveira (PSDB).

"A ideia é dar mais condições e dignidade a essas pessoas, e essas áreas serão liberadas para o Porto. O secretário já fez contato com os prefeitos, tomando medidas junto à CDHU, para que seja um projeto imediato. Não tem porque esperar", avaliou o secretário estadual de Transporte e Logística.

Ideia é desapropriar áreas ocupadas por submoradias para serem ocupadas pela atividade portuária (Foto: Carlos Nogueira/AT)
Tudo sobre: