ABTTC e Codesp debatem planos para o Porto de Santos

Diretores das duas entidades se reuniram na última quarta-feira (22)

Os planos de expansão e zoneamento do Porto de Santos foram discutidos entre diretores da Associação Brasileira dos Terminais Retroportuários e das Transportadoras de Contêineres (ABTTC) e da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), a autoridade portuária de Santos, na última quarta-feira (22).

As duas entidades se comprometeram em unir esforços para o aprimoramento dos controles das áreas de estufagem de cargas, a fim de evitar a ocorrência de crimes e, consequentemente, enaltecer a imagem do complexo marítimo perante o mercado internacional. 

As negociações envolvendo a ligação seca entre as margens do Porto também foram abordadas. O presidente da Codesp, Casemiro Tércio de Carvalho, disse que tem dedicado esforços na defesa de um projeto que não interfira nas atividades do complexo, que tem grande potencial de expansão nas movimentações de cargas na Área Continental Santista (Margem Esquerda do cais santista). 

Com isso, foi acordado com o presidente da ABTTC, João Ataliba, que eventuais intervenções devem ser analisadas para não sobrecarregar, ainda mais, as vias de acesso à cidade de Santos.

Os planos de desestatização do Porto, eventualmente por meio da abertura de capital da Codesp no mercado financeiro, também foram pauta na reunião.

Tudo sobre: