EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

22 de Maio de 2019

Theresa May propõe nova votação do Brexit

Proposta surgiu após deputados aprovarem uma moção rejeitando que o Reino Unido deixe a União Europeia 'sem um acordo, em nenhuma circunstância'

A primeira-ministra britânica, Theresa May, propôs realizar antes de 20 de março uma terceira votação parlamentar sobre o acordo do Brexit que negociou com a União Europeia e que os deputados já rejeitaram duas vezes.

Na quarta-feira (13), os deputados britânicos aprovaram, por uma estreita margem, uma moção rejeitando que o Reino Unido deixe a União Europeia “sem um acordo, em nenhuma circunstância”. 

Após o segundo dia consecutivo de debates acalorados, os parlamentares rejeitaram por 312 votos contra e 308 a favor a probabilidade de um Brexit sem acordo, que teria consequências econômicas catastróficas.

“A Câmara tem que entender e aceitar que se não apoia um acordo nos próximos dias, e não quer apoiar um Brexit sem acordo em 29 de março, Isto sugere que será necessária uma prorrogação muito mais longa” do que o previsto, disse May aos deputados.