EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

11 de Dezembro de 2019

Perseguição policial termina com um criminoso morto na Zona Noroeste, em Santos

Caso ocorreu na Praça José Lamacchia, por volta das 19h30 desta segunda-feira (12)

Um homem morreu durante uma perseguição policial na noite desta segunda-feira (12), por volta das 19h30, nas proximidades da Praça José Lamacchia, localizada no final da Avenida Jovino de Mello, no bairro Rádio Clube, em Santos.  

Conforme apurado por A Tribuna On-line, a Polícia Civil informou que uma equipe do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP) foi ao local apurar uma denúncia anônima de um suposto “Tribunal do crime” - onde criminosos julgam outros criminosos. Mas ao chegar ao endereço indicado, os policiais identificaram dois indivíduos armados, que fugiram assim que avistaram os agentes. 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a dupla entrou no beco de número 37, em fuga, e sem disparar contra os policiais. Um dos homens conseguiu escapar e o outro invadiu uma casa para se esconder em um dos cômodos. O cabo que realizava a ocorrência entrou na residência na tentativa de prendê-lo e localizou o indivíduo escondido ao lado de um guarda-roupa em um dos quartos.  

A corporação revelou para à Reportagem que o criminoso, um homem de 40 anos, portava uma pistola taurus calibre 765, e disparou ao menos três vezes contra o policial, que se abaixou e revidou os disparos. Em seguida, os agentes se certificaram de que o autor dos tiros foi ferido na região torácica e então acionaram o SAMU. O indivíduo foi socorrido para a UPA Central, mas chegou no local sem vida.  

Os policiais não se feriram. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciaria (CPJ), e será investigado pelo 5º Distrito Policial, responsável pela área em que ocorreu o caso.

 

Tudo sobre: