Pai presencia morte do filho de 10 anos em praia do Litoral de SP

Família é de Itu (SP) e estava aproveitando fim de semana na região

Por: ATribuna.com.br  -  13/05/24  -  10:19
Em menos de dois dias, três pessoas morreram vítimas de afogamento na Baixada Santista
Em menos de dois dias, três pessoas morreram vítimas de afogamento na Baixada Santista   Foto: Arquivo/AT

Três pessoas morreram, entre elas um menino de 10 anos, após se afogarem nas praias do Litoral de São Paulo neste final de semana. Na sexta-feira (10), a vítima foi um homem de 61 anos, morador de Praia Grande, que morreu na praia do Balneário Flórida na cidade. No sábado (11), as vítimas foram um homem, de 57 anos, e um menino de 10, que se afogaram na Praia dos Sonhos em Itanhaém. Ambos eram turistas, das cidades de Cotia e Itu, respectivamente.


Clique aqui para seguir agora o novo canal de A Tribuna no WhatsApp!


Conforme o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), às 11h55 de sexta (10), foram acionados para atender um afogamento em Praia Grande. Segundo testemunhas, pai e filho estavam no mar, quando foram arrastados por uma corrente de retorno e não conseguiram voltar.


O filho teria tentado puxar o pai, mas não conseguiu e ficou boiando para chamar ajuda. O homem de 61 anos foi retirado por banhistas que estavam no local e colocado na faixa de areia da praia.


Com a chegada da equipe dos bombeiros, foi constatado que ele estava com afogamento em nível 6 (mais grave). Rapidamente a corporação iniciou a manobra de reanimação cardiopulmonar. Após 10 minutos, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e apareceu e continuou com as tentativas de reanimação. Após 40 minutos de atendimento, a morte foi constatada.


De acordo com o GBMar, o local não era guarnecido, ou seja, não era protegido com a presença de guarda-vidas. A vítima era moradora de Praia Grande. O filho dele não se afogou e conseguiu sair do mar.


Litoral Sul

Em Itanhaém, as mortes aconteceram na Praia do Sonho, num intervalo de cerca de 45 minutos. Às 12h28 de sábado (11), um homem foi retirado da água por um guarda-vidas com afogamento em grau 6. Ele era turista e morador de Cotia, da região metropolitana de São Paulo.


Ele foi atendido no local e depois encaminhado para a Unidade Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém. No entanto, ele não resistiu e morreu no local.


Pouco tempo depois, às 13h14, a equipe foi acionada para outro afogamento no mesmo local. Um menino de 10 anos foi retirado das águas com a ajuda do pai e de um guarda-vidas e apresentou afogamento em grau 5.


O atendimento foi realizado no local, mas, logo em seguida, ele foi encaminhado para a UPA de Itanhaém. Na unidade, a morte do menino foi constatada. Ele também era turista, morador da cidade de Itu, no interior de São Paulo.


As duas ocorrências aconteceram em setores que eram protegidos com a presença de guarda-vidas.


Balanço

Conforme um balanço de ocorrências divulgado pelo GBMar nesta segunda-feira (13), 42 salvamentos foram realizados pela equipe. Além disso, três crianças foram encontradas e mais de 9,5 mil prevenções foram realizadas.


Logo A Tribuna
Newsletter