Ladra se aproveita de moradores, invade e furta prédio no Gonzaga, em Santos; VÍDEO

Mulher se aproveitou de problema na porta para entrar no edifício

Por: ATribuna.com.br  -  14/05/24  -  06:48
Atualizado em 14/05/24 - 06:51
Câmeras de monitoramento flagraram ação da ladra
Câmeras de monitoramento flagraram ação da ladra   Foto: Reprodução

Os ladrões de bicicletas andam cada vez mais ousados. Há muito, a sensação de impunidade tem estimulado os malfeitores a cometer seus atos, mesmo à luz do dia e em ambientes vigiados. Um caso recente aconteceu no sábado (11) no Gonzaga, em Santos, onde uma mulher se aproveitou da boa-fé de um morador, entrou em um edifício e levou uma bicicleta. Tudo em questão de minutos – a ação foi toda gravada pelas câmeras de monitoramento. (Veja no vídeo mais abaixo)


Clique aqui para seguir agora o novo canal de A Tribuna no WhatsApp!


O crime aconteceu por volta das 17 horas, na Rua Alexandre Herculano. De acordo com o relato no boletim de ocorrência, a garagem do apartamento da vítima apresentou um problema em sua porta automática, ficando semiaberta. Foi o que bastou para que uma mulher, que passava pela rua, visse a situação e aproveitasse para cometer o crime.


Para isso, tocou o interfone para um morador, escolhido de forma aleatória, se dizendo uma moradora sem chave, pedindo que a entrada fosse permitida. Ela foi direto para a garagem onde estava a bicicleta e, se esgueirando, deitou-se no chão e conseguiu entrar, ficando lá por cerca de cinco minutos.


A ladra não parou por aí. Ela saiu se rastejando, levando a bicicleta consigo. E, para deixar o prédio, tocou novamente em um apartamento aleatório, com o mesmo pretexto da entrada, para poder deixar o edifício.



“O prédio fica próximo ao Canal 3. Tornou-se comum a ação de pessoas assim nos prédios residenciais desta região, bem como da Encruzilhada, Campo Grande, Boqueirão e Embaré”, relata o marido da vítima, que não quis se identificar.


A reportagem de A Tribuna solicitou informações sobre o caso para a Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.


Logo A Tribuna
Newsletter