EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

18 de Julho de 2019

Após discussão, homem mata enteado com facada no peito em Santos

Caso aconteceu em um cortiço na Rua Brás Cubas, no bairro Vila Nova. Vítima tinha 23 anos. Autor do golpe, gesseiro de 51 anos foi preso em flagrante

O gesseiro Rinaldo de Souza, de 51 anos, foi preso em flagrante por matar com uma facada no peito, na altura do coração, o seu enteado, Wallace Luiz de Lima da Silva, de 23.

O homicídio aconteceu na habitação coletiva onde Rinaldo morava com a mãe de Wallace, antes de ser preso. O cortiço fica na Rua Brás Cubas, na Vila Nova, em Santos, e nele já funcionou o Hotel Japonês.

Morador em Suzano, na Região Metropolitana de São Paulo, Wallace visitou a mãe no último fim de semana e a teria agredido na frente do padrasto. Rinaldo disse que interveio e foi atingido pelo enteado com uma “cadeirada”.

Ainda conforme o gesseiro, ele apanhou uma faca e reagiu, golpeando Wallace no peito. O rapaz chegou a correr até a rua, onde caiu morto, conforme constatou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Rinaldo fugiu.

O assassinato aconteceu por volta das 5h30 do dia 7 de julho. À noite, duas testemunhas viram o gesseiro na esquina da Avenida Senador Feijó com a Rua Júlio de Mesquita, na Vila Mathias, e o detiveram.

Policiais militares foram acionados e levaram o suspeito à Central de Polícia Judiciária (CPJ). A delegada Milena Sapienza autuou Rinaldo em flagrante por homicídio e determinou a sua remoção à cadeia.

Até então, o gesseiro não possuía antecedentes criminais. Wallace já foi preso em flagrante por roubo, no município de Poá, em janeiro de 2015. O rapaz ainda registrava mais duas passagens: uma por porte de drogas, em Santos, e outra por este mesmo delito e resistência, em Suzano.