EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

19 de Abril de 2019

Agentes barram visitantes com drogas e ilícitos em penitenciárias de São Vicente

Três mulheres foram barradas com porções de maconha, cocaína, droga sintética e uma placa para microcelular por agentes de segurança das unidades

Três mulheres foram barradas ao tentarem entrar com drogas e objetos ilícitos em unidades prisionais de São Vicente no último fim de semana. Foram apreendidas porções de maconha, cocaína, droga sintética e uma placa para microcelular por agentes de segurança das unidades.

No sábado (13), a mãe de um sentenciado da Penitenciária “Dr. Geraldo de Andrade Vieira”, a P1 de São Vicente, foi flagrada com 57 gramas de cocaína em um invólucro escondido entre a calcinha e o absorvente que usava. O pacote foi identificado após o escaneamento corporal.

No domingo (14), uma jovem de 20 anos foi barrada ao tentar entrar no mesmo presídio portando 41 gramas de maconha e uma cartela com 20 selos de LSD em um invólucro que carregava na vagina. O material foi detectado nas imagens geradas pelo escâner, e a suspeita pretendia entregar os alucinógenos a seu companheiro, recluso na unidade.

Ainda no domingo, na Penitenciária 2 de São Vicente, os servidores encontraram uma placa de microcelular na comida trazida por uma mulher de 36 anos, por meio de inspeção com aparelho de raio-X. A suspeita escondeu o eletrônico em um pedaço de carne, que seria entregue a seu irmão, detento no estabelecimento penal.

As três visitantes foram encaminhadas para a Delegacia Sede da cidade, onde foram lavrados os boletins de ocorrência. Elas tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da SAP. As direções das unidades prisionais enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.