EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

12 de Novembro de 2019

Inep divulga provas do Enem em Libras para portadores de deficiência

Atualização permitirá com que surdos e deficientes auditivos estudem pelas videoprovas de 2018 e de 2017

Para auxiliar estudantes portadores de deficiência, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) disponibilizou, nesta sexta-feira (7), por meio do seu portal oficial, os vídeos com os enunciados e as opções de respostas da videoprova em Língua brasileira de sinais (Libras) do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, aplicada este ano.

De acordo com o órgão, a atualização permitirá com que surdos e deficientes auditivos estudem pelas videoprovas de 2018 e de 2017 do Enem no mesmo formato acessível em que são aplicadas.

Inep começou a investir nas provas em libras no ano de 2017 (Foto: Reprodução)

A prova está disponível no portal do Inep, com uma interface parecida com a utilizada na videoprova do Enem. Sendo assim, os participantes surdos poderão se preparar melhor. A funcionalidade, inaugurada em setembro para a prova de 2017, permite assistir ao vídeo das questões e conferir o gabarito, se o participante desejar.

Desde o dia 14 de novembro, os vídeos estão disponíveis também no Youtube. A videoprova em Libras começou a ser ofertada em 2017 e levou o tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil” para a redação. Neste ano, o Inep lançou o selo Enem em Libras para todo o conteúdo disponível em Língua Brasileira de Sinais que reforça a Política de Acessibilidade e Inclusão do Instituto.

“O Enem em Libras marca o esforço do Instituto para garantir que seus editais, provas, cartilhas, campanhas e demais materiais, de todos os seus exames e avaliações, sejam acessíveis. Dessa forma, o Inep reafirma o seu compromisso com a comunidade surda e com um futuro melhor por meio da educação”, diz a autarquia.

O Enem foi aplicado este ano nos dias 4 e 11 de novembro. A prova é usada para seleção de vagas no ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a vagas no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Tudo sobre: