Música pode ser uma grande aliada durante isolamento social

Ela tem o poder de transformar o seu humor e pode ser uma grande aliada durante a quarentena

Deixe o poder da música te dominar! Ela pode ser uma aliada ainda maior em tempos de coronavírus e isolamento social. Seja para acalmar, relaxar, ajudar a ter foco, dançar, recordar bons momentos ou apenas passar o tempo, dê uma chance para a música invadir a sua casa.

Para a psicóloga Mariana Vasconcelos, a música tem a capacidade de mudar o humor das pessoas. E, por esse motivo, é fundamental tomar cuidado na hora da escolha.

“A música traz memórias e lembranças que servem para o bem e para o mal. Por isso, deve ser escolhida com cuidado. Cada ocasião, cada humor, pede um tipo de música diferente”.

Para ela, escolher a playlist ideal faz com que o momento de confinamento seja mais leve e também o combustível para situações que passaram a ser cotidianas, como fazer faxina e cozinhar

“Arrumar o armário ouvindo um sucesso da adolescência ou cozinhar ao som de um hit que é sucesso renovam o nosso emocional. São atitudes simples que mudam o ambiente da casa e o seu humor”, explica o psicólogo Eduardo Caetano.

A música vai cair bem não só para quem tem praticado atividades físicas em casa. Ela terá o ritmo ideal inclusive para trabalhar.

“Algo que algumas pessoas têm feito, e é muito interessante, é montar uma festa com quem mora com você. Escolha uma playlist, coloque uma roupa legal, invista em uma decoração diferente, assim como comidas e bebidas diferentes”, recomenda Eduardo.

Lives

Com a suspensão de shows e eventos por tempo indeterminado, muitos artistas têm usado as redes sociais para cantar ao vivo para os fãs. E a ideia tem sido a mesma, de alegrar e entreter as pessoas dentro de casa, até mesmo em condomínios e sacadas da região.

“A música tem o poder de transformar, de tocar a alma. Por isso ela é tão importante em um momento como o atual. As pessoas precisam sentir-se acolhidas, relaxadas, tranquilas e compreendidas. E a música tem o poder de fazer tudo isso”, explica o músico Felipe Morais, que produziu um show improvisado na sacada de sua casa, no Marapé.

Além de ter alcançado vizinhos e amigos, ele fez uma transmissão pela internet para que outras pessoas também pudessem pedir música e participar.

“Essa é a única maneira que podemos contribuir. Então, vamos fazer a nossa parte para que os dias e as noites das pessoas sejam melhores dentro do possível e no meio de tantas notícias ruins”.

Tudo sobre: