EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

São Paulo fará bloqueios de avenidas para aumentar isolamento social

Ação ocorrerá nesta segunda-feira. A prefeitura fala em ampliar medida caso taxa de quarentena fique abaixo de 50%

A Prefeitura de São Paulo adotará, a partir de segunda-feira (4), bloqueios de circulação de carros em corredores viários da Capital para ampliar a taxa de isolamento social. Apenas uma faixa de rolamento será liberada nas avenidas entre 7h e 9h (de Brasília).

A restrição ao fluxo de veículos visa colaborar para adesão do paulistano à quarentena, que está abaixo de 50%. A medida foi anunciada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) e secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido. Segundo eles, a medida se faz necessária devido à pressão por vagas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) em função da Covid-19. 

Agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Guarda Civil Metropolitana (GCM) e do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) farão os bloqueios.  

Segundo Covas, caso a adesão da população ao isolamento não aumente a partir de segunda-feira, os bloqueios em vias da cidade poderão ser planejados e realizados durante todo o dia, como tentativa de aumentar a restrição e desestimular as pessoas a saírem de casa. 

Nesta fase, a ação vai ocorrer nas seguintes vias: 

- Zona Sul: Av. Moreira Guimarães (B/C) x Av. Miruna;
- Zona Norte: Av. Santos Dumont (B/C) x Av. do Estado;
- Zona Leste: Av. Radial Leste (B/C) X Rua Pinhalzinho;
- Zona Oeste: Av. Francisco Morato (B/C) x Rua Sapetuba. 

Orientação 

Blitzes educativas vão ocorrer em outros dois endereços, ambos na zona oeste, também entre 7h e 9h: 

 - Av. Dr. Vital Brasil (B/C) x R. Camargo;
- Av. João Paulo I (B/C) altura do n° 2.868. 

 

Tudo sobre: