EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

26 de Janeiro de 2020

Raio X mostra mais de 100 perfurações de bala em gato morto

Animal não resistiu aos ferimentos e morreu em clínica veterinária

Um gato precisou ser socorrido após um homem encontrá-lo com mais de 100 perfurações causadas por disparos de arma de fogo. Animal morreu após receber atendimento durante dois dias em São José do Rio Preto, no Interior de São Paulo. Autor dos tiros não foi identificado. 

De acordo com o veterinário responsável pelo caso, o gato chegou na clínica durante a madrugada de quarta-feira (4). Um morador acordou com o barulho dos disparos e ao ver o que havia acontecido encontrou o animal ferido.  

“Eu conversei com uma pessoa que entende. Acreditamos que foi um tiro disparado com uma cartucheira. Tinham mais de 100 projéteis no corpo do animal”, diz o médico veterinário Rafael Fabrega Rodrigues. Ele também afirma que o animal chegou muito debilitado e o quadro clínico dele era extremamente complicado.

Após a morte do animal, a mulher de Rafael, que também é da área, fez um desabafo nas redes sociais. 

“Depois de alguns anos de formada a gente acha que já viu de tudo, mas quando a gente se depara com esse tipo de maldade choca demais. O animal está com vários fragmentos de projétil de arma de fogo. Para que fazer isso com um animal que não faz mal a ninguém?”, publicou Renata Marçolla. 

*Com informações do G1. 

Tudo sobre: