EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Polícia estoura cativeiro e encontra mulher cercada por ratos, sem banho e comendo ração há 26 anos

Segundo ela, a ideia da mãe era 'protegê-la dos perigos do mundo'

Uma mulher de 42 anos foi mantida presa pela mãe por 26 anos em uma pequena casa onde moravam, em Arenfinsky, Rússia. A ideia da mãe era "proteger a filha dos perigos do mundo".

VEJA TAMBÉM
Fenômeno raríssimo faz praia brasileira ficar infestada por vermes; ASSISTA

Piscina 'extraterrestre' nunca vista por humanos é achada no México; VÍDEO

Nuvem 'Godzilla' improvável se apróxima do Brasil e preocupa autoridades

O caso só foi descoberto pela polícia local após Tatyana, mãe de Nadezhda Bushueva, ser hospitalizada. A russa estava trancada desde os 16 anos de idade.

Segundo informações dos oficiais, Nadezhda contou que passou todos esses anos comendo apenas ração para gatos. Ela também afirmou que seu último banho foi em 2006. 

Na residência também havia muitos gatos. Quando os mesmos morriam, os corpos não eram retirados e se decompunham no mesmo local. 

"Minha vida é pior que a vida de um gato. Gatos têm mais direitos do que eu. Eu não existo mais, sou um zumbi. Preciso de documentos, preciso de trabalho", disse Nadezhda.

*com informações do Extra

Tudo sobre: