Pai de Santo é denunciado por série de estupro contra fiéis em SP

Segundo o Ministério Público, o indivíduo praticou o crime contra sete mulheres diferentes

O pai de santo Heraldo Lopes Guimarães, conhecido como Pai Guimarães de Ogum, foi denunciado na última semana à Justiça após ter cometido estupro contra fiéis em São Paulo. Com essa ocorrência, subiu para sete o número de mulheres que o acusam de crimes sexuais. 

Clique aqui e assine A Tribuna por apenas R$ 1,90. Ganhe, na hora, acesso completo ao nosso Portal, dois meses de Globoplay grátis e, também, dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Além de denunciar, o Ministério Público (MP) pediu a decretação da prisão preventiva dele, para responder preso pelos crimes até um julgamento. 

Segundo o MP, as vítimas contam que o pai de santo se valia da sua posição de sacerdote espiritual para cometer os abusos. Ele nega os crimes. 

Pai Guimarães de Ogum tem 56 anos e atuam na Umbanda. O homem comanda um templo na Zona Sul da capital, onde segundo o MP, aconteceu a maioria dos abusos contra as vítimas, entre os anos de 2010 e 2019. 

*com informações do G1

Tudo sobre: