Modelo de 21 anos morre durante gravação de clipe de funk

Júlia Melo Carlota tinha 21 anos e era mãe de filhos gêmeos, de 2 anos; caso ocorreu em Poá, na Região Metropolitana de São Paulo

A modelo e dançarina Júlia Melo Carlota, de 21 anos, passou mal e morreu durante a gravação de um clipe de funk em Poá, cidade da Região Metropolitana de São Paulo, na tarde de domingo (20). A jovem participava do vídeo dos MC´s Tiger e 2B da ZL. Ela foi socorrida, mas chegou sem vida ao hospital. A Polícia Civil de São Paulo investiga a causa da morte, que ainda é um mistério.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Segundo as investigações, ela morreu por volta das 17h de domingo. De acordo com familiares da vítima, a jovem saiu de casa e disse que iria para uma festa realizar a gravação de um clipe musical. Horas após a modelo ter passado mal, os parentes foram informados que a mulher teve um mal súbito no palco em que realizava uma apresentação de dança.

A jovem foi socorrida ao Hospital Santa Maria, em Suzano, onde a morte foi atestada. Ainda segundo a Polícia Civil, a perícia foi solicitada ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso, registrado como morte suspeita (morte súbita) pela Delegacia de Suzano. Ainda segundo a polícia, as diligências prosseguem para esclarecer os fatos.

Procurado pelo Extra, MC 2b da ZL não quis conceder entrevista neste momento. Por mensagem, afirmou que já entrou em contato com os familiares da vítima, que tinha filhos gêmeos, de 2 anos. Júlia já havia feito outros clipes do músico, que a convidou para participar da última gravação.

— Estou aguardando o laudo da certidão de óbito para me expressar. Estou de luto, não quero falar sobre o assunto. Já estou conversando com os familiares — diz.

*Com informações do Extra

Tudo sobre: