Médico é agredido por familiar após alertar sobre riscos da Covid-19

Nas redes sociais, José Eduardo desabafou e detalhou o ocorrido: 'A resposta que me foi dada'

O médico infectologista José Eduardo Mainart foi agredido por um familiar durante uma discussão sobre os riscos da Covid-19. O desentendimento aconteceu após o profissional alertar o agressor, que estava se preparando para ir a uma festa, na cidade de Toledo, no Paraná. 

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

A agressão ocorreu na última sexta-feira (26), neste mesmo dia, o governo local estabeleceu medidas rígidas em relação à pandemia no local.

Nas redes sociais, José Eduardo desabafou e detalhou o ocorrido. "Ao alertar os riscos a pessoas conhecidas, a resposta que me foi dada foram chutes e socos, enquanto um me segurava o outro me agredia. Enfim pessoas assim que ajudaram situação chegar onde está!". 

Um boletim de ocorrência foi registrado e agora a Polícia Civil de Toledo investigará o caso. 

O Conselho Municipal de Saúde da cidade emitiu uma nota de repúdio sobre a agressão sofrida. Confira:

"Salientamos que o conselho repudia qualquer ato de violência e se tratando do atual momento de pandemia, a qual servidores atuam incansavelmente para salvar vidas aqui em Toledo, assim como no mundo todo, atos desse tipo apontam total desrespeito com o próximo e só trazem prejuízos a todos que estão na luta para que isto um dia vire apenas história."

*com informações do G1

Tudo sobre: