EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

15 de Agosto de 2020

Homem-Pateta: Polícia alerta para perfis nas redes sociais que induzem crianças ao suicídio

Os perfis são, supostamente, utilizados para atrair crianças e adolescentes. Eles enviam desafios e mensagens perturbadoras

A Polícia Civil de Santa Catarina emitiu um alerta para um novo risco para crianças nas redes sociais. Segundo o informe. perfis falsos estão sendo criados, com o nome de Jonathan Galindo, também chamado "Homem-Pateta". Eles são, supostamente, utilizados para atrair crianças e adolescentes. 

A tática utilizada é semelhante aos casos como a "Baleia Azul" e a "boneca Momo". Segundo a polícia, o objetivo é atrair menores para conversas privadas. Nestes diálogos, são enviados desafios e mensagens perturbadoras. Alguns deles com incentivo ao suicídio.

Na foto, os perfis utilizam o rosto de um homem com uma máscara que imita o personagem Pateta, da Disney. Os perfis são criados em diversos locais do mundo. Eles contém pouca informação e com convites para um contato privado.

As mensagens são escritas em mais de um idioma. Em um dos vídeos, um homem fala em inglês "Sou eu, Larry". Ao final,  a imagem e o som mudam para assustar quem está vendo o vídeo. Em outros, um homem está sentado no sofá e outro homem senta em seu colo.

De acordo com a delegada Patrícia Zimmermann D'Ávila, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Santa Catarina, outros Estados já registraram boletins de ocorrência sobre o caso. Segundo o Tribunal de Justiça e Polícia Civil de Santa Catarina, esses perfis já eram conhecidos em língua espanhola desde 2017. 

*com informações do UOL

Tudo sobre: