EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

15 de Julho de 2020

Home office cresce 22% em um ano e muda a cara do trabalho

Ser profissional em casa exige disciplina para seguir regras, caso contrário a experiência pode não funcionar

Trabalhar em casa pode ser o sonho de muita gente. Tanto que o número de pessoas atuando na modalidade teletrabalho aumentou 22% no ano passado em relação a 2017, de acordo com dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Teletrabalho e Teleatividades. Mas ficar sem chefe do lado e nem encarar o trânsito todo dia exige disciplina, organização e comprometimento para realizar tarefas, cumprir metas, aumentar produtividade e, claro, provar mais eficiência.

“Produtividade é questão de método e disciplina”, diz o sócio da Nexialistas Consultoria de Educação, Anderson Bars.

Disciplina e organização também são palavras destacadas pelo advogado Marcos Estanislau para que a mudança do escritório para a residência dê certo. Afinal, distrações, como uma passadinha pela geladeira ou uma espiada na TV, podem ser uma grande tentação. 

“É preciso se concentrar e impor uma rotina. Se não tiver disciplina, vai bater o ponto que é melhor. Porque tem de apresentar resultados iguais ou melhores, porque você será cobrado”.

A consultora de Recursos Humanos Rita Zaher explica que a atração pelo também chamado teletrabalho, que ganhou destaque após a reforma trabalhista, em novembro de 2017, ocorre por conta da ideia de mais independência.

“O home office é uma modalidade de trabalho muito eficaz porque permite uma liberdade, entretanto exige maior responsabilidade”.

Portanto, é hora de encarar a realidade, caso pense em fazer parte desse segmento. “Muitas das fantasia sobre o home office recaem sobre a cena de se trabalhar em casa de pijamas, o que, na minha opinião, é mera ilusão”, acrescenta Anderson.

É o que vem colocando em prática a advogada Ana Carla Magri. Há 15 dias ela deixou de acordar de madrugada para pegar o ônibus fretado para a Capital e encara a atividade em casa.

“Estou me adaptando. Acordo e faço como se fosse para São Paulo. Tiro o pijama para evitar aquela preguiça e faço os mesmos horários que fazia na empresa”.

Ana conta ainda que criou um espaço especial no quarto para suas atividades para ajudar na concentração. “Ainda estou me acostumando aos barulhos externos, que são diferentes dos do escritório”.

Prepare-se

Fazer uma preparação para ingressar nesse novo mundo também é considerado essencial, diz o professor Norberto Paul, que atua na modalidade EaDna Universidadade Santa Cecília (Unisanta) e na Universidade Metropolitana de Santos (Unimes).

Ter um espaço destinado para o horário de trabalho é um deles (veja quadro). “É necessário um certo investimento em computador de boa capacidade, uma internet rápida, dispositivos para áudio e vídeo (para gravações e chats, como o Skype, por exemplo)”.

Balanço

Fazer da casa o próprio escritório pode ter vantagens, se conseguir seguir todas as dicas. Mas, claro, é preciso avaliar também os pontos negativos da situação, avisam os especialistas.
“A falta de momento de trocas entre colegas acaba sendo um dos pontos de maior reclamação. às vezes, surge uma dúvida ou necessidade de um conselho e, no home office, não há isso”.


Na lei

E fique atento aos direitos de quem atua em casa. Também chamado de teletrabalho, a modalidade ganhou regras específicas com a aprovação da reforma trabalhista, em 2017. A possibilidade de trabalhar em domicílio já existia, explica o advogado Carlos Eduardo Ambiel. Segundo ele, o que a reforma fez foi regulamentar o teletrabalho. “É preciso haver o uso da tecnologia da comunicação para ser enquadrado nesse segmento”. É necessário, ainda, trabalhar a maior parte do tempo de forma remota. “Três dias da semana em casa, se ele trabalha de segunda a sexta, por exemplo”. Tudo deve ser acordado por escrito com o patrão. Os direitos não mudam. O funcionário recebe salário, 13º e férias mais um terço.

“Não tem direito a hora extra. Também não fica obrigado a bater o ponto”. O custo sobre equipamentos deve ser decido também na hora do acordo, avisa o advogado Decio Daidone Júnior. “Antes da reforma, quem arcava com os custos era o empregador. Agora, eles devem ser tratados conjuntamente no contrato ou constar numa política da empresa”. A empresa fica obrigada, no entanto, a orientar o funcionário quanto a cuidados para evitar acidentes e doenças de trabalho.

Dicas para trabalhar em casa

Planeje o espaço

  • Tenha um lugar para chamar de seu ‘escritório’ dentro de casa. Não precisar se um cômodo exclusivo.Mas tenha um cantinho pra isso, pois ajuda a focar na hora de sentar para realizar suas atividades diárias.
  • Fique de olho na iluminação e evite lugares barulhentos, que tire a sua concentração. Tenha ainda mobiliário adequado. 

Ferramenta de trabalho

  • Adquira um bom computador ou notebook.
  • Tenha uma internet compatível com suas necessidades, afinal, será necessário para ter acesso a informações, a sua firma e a sua clientela, se for o caso.
  • Se precisar de telefone, verifique se terá uma linha disponível para essa finalidade, principalmente se a necessidade for por uma linha fixa. Assim não mistura ligações pessoais no meio do seu expediente.

Disciplina 

  • Seja determinado desde o primeiro dia. Crie seu horário de trabalho e cumpra. Tenha horário para entrar, almoçar e sair.
  • Não é preciso ter um relógio de ponto na sua frente para te obrigar a isso.
  • Mantenha o ritmo como se estivesse na empresa. Mesmo que se seja autônomo, imponha-se horários.
  • Organize suas atividades frequentemente. Mantenha uma agenda.
  • Coloque também metas e objetivos a serem cumpridos ao longo do dia e faça o combinado.
  • E, lembre-se, você será até mais cobrado por atuar em home office.

Arrume-se

  • Tire o pijama. Se arrume como se fosse sair de casa. Claro que não precisa colocar um terno ou salto alto. Mas estará no seu ambiente de trabalho. Esqueça de afazeres domésticos, da TV ou outras tentações que vão surgir quando estiver em casa.

Família

  • Mantenha um combinado com os familiares. Embora esteja em casa, você está á disposição da firma. Ou seja, o seu tempo será dedicado ao trabalho da mesma fora.

Ninguém é de ferro

  • Mantenha o café sempre fresco. Isso vai ajudar a manter o pique ao longo do dia.

Fonte: especialistas

Tudo sobre: