EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

13 de Julho de 2020

Angolano é esfaqueado e morto após discussão em função do auxílio-emergencial

Outros dois estrangeiros ainda tentaram conter o ataque - movido por um auxiliar de mecânico brasileiro - e acabaram feridos

Um angolano de 47 anos morreu depois de ser esfaqueado no último domingo (17), na Zona Leste de São Paulo. O ataque, movido por parte de um auxiliar de mecânico brasileiro, se iniciou após uma discussão sobre o pagamento do auxílio-emergencial federal para imigrantes. 

Dois estrangeiros ainda tentaram conter o ataque e acabaram feridos. Eles foram encaminhados a um Pronto Socorro e já tiveram alta. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado no 24º Distrito Policial da cidade, onde as investigações prosseguirão. Exames periciais já foram solicitados ao Instituto Médico Legal (IML). 

Outros imigrantes que moram na área contam que ameaças e agressões contra estrangeiros se tornaram comum nos últimos meses. 

*com informações do G1

Tudo sobre: