AT Carreiras: Jornalismo tem mercado competitivo e compromisso com a verdade

Universidade Paulista (Unip) de Santos oferece formação em quatro anos e cursos extracurriculares

Gostar de contar histórias, buscar os dois lados de um acontecimento e ter interesse em ouvir as outras pessoas... Essas são características essenciais de um bom jornalista! Mas, acima de tudo, o profissional precisa ter compromisso com a verdade e com o público.

A Universidade Paulista (Unip) de Santos oferece o curso de Jornalismo com formação em oito semestres e diversos cursos extracurriculares. O corpo docente tem como objetivo formar jornalistas éticos e competentes.

Jornalismo

Para a coordenadora do curso de Jornalismo da Unip, Wânia Seixas, apesar de ter passado por uma queda nos últimos anos, o curso ainda é procurado por muitos jovens que desejam ter uma formação e o diploma de jornalistas. Para ela, os profissionais da área devem ter bagagem cultural, um segundo idioma, serem comunicativos e se importarem com as outras pessoas. 

"As pessoas ficaram um pouco confusas, porque parecia que todo mundo podia fazer jornalismo, bastava ter um celular na mão para escrever uma matéria. Mas, agora estamos em um momento em que a sociedade percebeu que não é bem assim, pois temos muitos problemas com as fake news. Os jovens estão olhando novamente como uma boa oportunidade, pois pode trabalhar em várias áreas".

Alunos contam com diversos laboratórios no curso de Jornalismo (Foto: Reprodução)

O jornalista Leonar Franco Silva Dias estudou na Unip entre os anos 2014 e 2018 e garante que sua formação foi muito importante e um período de grande aprendizagem. "Eu escolhi cursar jornalismo porque já trabalhava na área. Com 18 anos criei um site sobre o Santos F.C. e, depois, fui trabalhar no site do Neymar Jr.".

Para a especialista em RH Andréa Marques, a formação em jornalismo é muito importante, pois confere ao profissional conhecimentos para elaboração de textos, entrevistas, pesquisa e tudo aquilo que é relativo à comunicação através dos diversos meios onde a imprensa se faz presente. 

"O mercado de trabalho é bastante competitivo, bons profissionais são bem remunerados, entretanto o que observamos nos últimos anos foi uma diminuição das vagas nas empresas que são chamadas de 'grande imprensa'. A profissão é apaixonante e difícil, que requer muita dedicação e esforço".

Unip Santos oferece formação em oito semestres (Foto: Reprodução)

Ficha técnica:

Duração: Oito semestres (4 anos)

Tipo do curso: Bacharelado

Grade Curricular: As principais disciplinas do curso são Storytelling, Assessoria de Imprensa, Iniciação ao Audiovisual, Jornal Laboratório, Produção em Rádio, Webjornalismo e Telejornalismo, entre outras.

Atividades práticas: Jornal Mural, Telejornal, produções de vídeo, programas de radio, feiras e jornadas.

Infraestrutura: Redação, laboratório de informática, estúdio de fotografia, laboratório de rádio e estúdio de TV.

Materiais: Não necessita nenhum material especial.

Estágio: É obrigatório! As principais áreas de estágio na região são Assessoria de Imprensa, TV, Rádio e Internet.

Perfil: Ser comunicativo, ter interesse em ouvir as outras pessoas e conseguir escrever de forma que seja compreendido. 

Especializações: Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado em todas as áreas.  

Educação continuada: A Unip conta com diversos cursos extracurriculares, como libras, cursos voltados para legislações e política, entre outras. 

Áreas de atuação: TV, Rádio, Jornal, Blog, Assessoria de Imprensa, Mídias Sociais, Produção de Audiovisual.

Principais funções: Fazer pesquisas, conquistar fontes, saber transformar a informação em notícia, escrever de forma clara e estar sempre atualizado. 

Mercado de Trabalho: Atualmente, as oportunidades estão mais voltadas para a área de assessoria de imprensa. 

Tudo sobre: