EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

12 de Julho de 2020

Responsabilidade social de empresas começa com seus colaboradores

Tema foi discutido no Fórum A Região em Pauta, que teve transmissão ao vivo pelo Facebook do Grupo Tribuna; veja vídeo

A responsabilidade social de uma empresa deve começar no cuidado interno, com seus colaboradores. Só assim é possível evoluir com ações positivas que ajudem a sua cadeia de relacionamento e, por fim, envolva toda a sociedade. A opinião é do executivo Reynaldo Gama, CEO da HSM e CoCEO da SingularityU Brazil, que tem mais de 12 anos de experiência no Mercado Financeiro. 

“Muitas empresas estão com funcionários em home office e já pensam em ficar até o fim do ano. E o dinheiro que está economizando com luz, limpeza etc? Não dá para ficar só na conta da economia, qual o olhar a empresa está tendo com seus colaboradores? Isso é responsabilidade social. A empresa economiza na infraestrutura, mas vai dar mais banda (internet) para o seu funcionário? Como vai colaborar?”, questiona o executivo.  

Gama foi um os participantes do quarto encontro deste ano do fórum A Região em Pauta, realizado na tarde desta terça-feira (26), com transmissão ao vivo pelo Facebook do Grupo Tribuna. O tema discutido foi Responsabilidade Social, abordando o papel das empresas durante e pós-pandemia da covid-19.  

Também participaram da discussão a coordenadora de Mobilização e Relacionamento do Instituto Ethos de Responsabilidade Social, Juliana Soares; o diretor-presidente do Instituto Ação pela Paz, Jayme Garfinkel; e o coordenador de Sustentabilidade da Ecovias, Gerson Silva. 

Para juliana, responsabilidade social é um conceito mais amplo que filantropia ou assistencialismo. “Temos casos de empresas que fazem doações, mas tem uma relação degradante com seus empregados. Às vezes, faz uma doação mais por uma questão de marketing”, diz a integrante do Instituto Ethos. 

A Região em Pauta é um projeto do jornal A Tribuna que já está em seu quinto ano de atividades. Antes realizado de forma presencial, no auditório do Grupo Tribuna, agora tem sido feito de forma virtual, com a possibilidade de participação do público pelo Facebook.

Tudo sobre: