Torcedores protestam no embarque do São Paulo para Porto Alegre

A manifestação teve xingamentos aos jogadores, ao técnico Fernando Diniz e ao diretor executivo de futebol Raí

Um grupo de cerca de 20 torcedores protestou no embarque do São Paulo para Porto Alegre, onde a equipe enfrenta o Internacional, neste sábado (26), pela 12ª rodada Campeonato Brasileiro. A manifestação teve xingamentos aos jogadores, ao técnico Fernando Diniz e ao diretor executivo de futebol Raí.

O meia Daniel Alves, recuperado de fratura no antebraço direito, foi um dos alvos dos torcedores. "O Daniel, vai se f*****, o meu São Paulo não precisa de você", cantaram. O jogador se envolveu em polêmica nas redes sociais ao postar vídeo tocando instrumento de percussão no último domingo (20).

Os torcedores também chamaram o time de "sem vergonha" e pediram "muito respeito com a camisa tricolor". Além do protesto no embarque do elenco, houve manifestação nesta sexta-feira no Morumbi, onde faixas pedindo a saída de Diniz, Lugano (diretor de relações institucionais), Raí e Alexandre Pássaro (gerente de futebol) foram penduradas em frente ao portão principal do estádio.

O clima no São Paulo está conturbado desde a retomada do futebol após a paralisação provocada pela pandemia do novo coronavírus. A equipe foi eliminada de forma vexatória para o Mirassol nas quartas de final do Campeonato Paulista e depende de improvável combinação de resultados para avançar na Copa Libertadores da América. No Brasileirão, o São Paulo está em terceiro lugar, com 18 pontos em dez partidas.

O São Paulo encara sequência decisiva. Neste sábado, enfrenta o Inter, segundo colocado do Brasileirão. A diferença entre os times é de apenas dois pontos. Na quarta-feira (30), a equipe tricolor visita o River Plate, na Argentina - se perder, estará eliminada da Libertadores.

Tudo sobre: