EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

17 de Fevereiro de 2019

São Paulo passa fácil pelo Novorizontino e embala para clássico

Tricolor venceu por 3 a 0 na última quinta, em Novo Horizonte

Depois da goleada na estreia, o São Paulo conseguiu mais uma tranquila vitória no Campeonato Paulista. Desta vez, bateu o Novorizontino por 3 a 0, na última quinta-feira (24), fora de casa, com gols de Everton, Diego Souza e Pablo, pela segunda rodada.

O resultado mantém o time na ponta do Grupo D, com seis pontos e sete gols marcados em dois jogos disputados. O São Paulo agora se prepara para o clássico contra o Santos no domingo, às 17h, no Pacaembu, pela terceira rodada do Estadual. O Novorizontino, que vinha de vitória na estreia, volta a campo também no domingo, mas às 19h, para enfrentar o Mirassol, fora de casa.

O São Paulo nem sentiu a falta de Hernanes, que realiza trabalho físico. Teve total controle da partida e ainda contou com duas falhas do goleiro Vagner. No primeiro gol, ele não foi culpado. Logo aos sete minutos, Nenê deu belo lançamento para Everton, que apareceu no meio da zaga e tocou na saída do goleiro. 

Pablo perdeu gol feito na sequência e o Novorizontino não conseguia assustar Tiago Volpi. O São Paulo ampliou com ajuda de Vagner. Everton lançou do meio de campo, Vagner bateu cabeça com o zagueiro e a bola sobrou limpa para Diego Souza ampliar: 2 a 0

Na etapa final, o São Paulo recuou e o técnico André Jardine aproveitou para dar descanso a Nenê. Liziero deixou o campo com dores na virilha. O Novorizontino mexeu para tentar a reação, mas criava somente em jogadas de bola parada.

A partida caiu tecnicamente e o São Paulo encontrou o terceiro gol em mais uma falha do Vagner. Pablo recebeu na intermediária e arriscou de longe. A bola foi no meio da meta, mas o goleiro aceitou.

Com a boa vitória o São Paulo demonstra que a equipe está evoluindo de olho no primeiro duelo contra o Talleres, da Argentina, no dia 6 de fevereiro, pela segunda fase preliminar da Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

NOVORIZONTINO 0 x 3 SÃO PAULO 

NOVORIZONTINO - Vagner; Lucas Ramon, Everton Sena, Flávio Boaventura e Paulinho; Adilson Goiano, Jean Patrick e Murilo (Cléo Silva); Paulinho Moccelin (Pedro Carmona), Felipe Marques e Carlos Henrique (Carlinhos). Técnico: Roberto Fonseca.

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Bruno Peres, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Liziero (Jucilei) e Nenê (Helinho); Diego Souza (Araruna), Pablo e Everton. Técnico: André Jardine.

GOLS - Everton, aos sete, e Diego Souza, aos 30 minutos do primeiro tempo; Pablo, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcio Henrique de Gois. 

CARTÕES AMARELOS - Felipe Marques e Everton Boaventura (Novorizontino); Tiago Volpi (São Paulo).

RENDA - R$ 290.000,00

PÚBLICO - 6.741 torcedores.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte.