EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

16 de Novembro de 2019

Santos tem prejuízo de R$ 49 milhões no primeiro semestre de 2019

As contas do primeiro semestre de 2019 foram apresentadas ao Conselho Deliberativo nesta terça-feira (5)

O Santos teve um prejuízo de R$ 49.360.599,00 no primeiro semestre deste ano, segundo números apresentados pelo Conselho Fiscal (CF) na última terça-feira à noite, durante a reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do clube. 

Em seis meses, a dívida de curto prazo do Alvinegro subiu de R$ 355, 5 milhões para R$ 447,3 milhões. Já a dívida de longo prazo aumentou de R$ 209,8 milhões para R$ 233,5 milhões.

De acordo com os números do Conselho Fiscal, o passivo do clube aumentou de R$ 565,3 milhões para R$ 680, 9 milhões.

Receitas e despesas

Segundo o levantamento do CF, a receita do primeiro semestre foi orçada em R$ 115 milhões e a arrecadação chegou a R$ 101 milhões. O clube orçou em R$ 92,5 milhões as despesas operacionais (atletas, jogos, material, manutenção do estádio) nos primeiros seis meses de 2019, mas os gastos chegaram a R$ 114,1 milhões. 

Em relação às despesas administrativas, o valor orçado foi de R$ 12,8 milhões, contra R$ 12,3 milhões realizados. As despesas financeiras foram extrapoladas em mais de R$ 3milhões, já que o orçamento previa R$ 7,7 milhões, mas os gastos chegaram a R$ 10,9 milhões. 

Folha pesada 

A folha de pagamento do clube, em junho de 2019, de acordo com o CF, foi de R$ 14,05 milhões, totalizando R$ 82,3 milhões no primeiro semestre de 2019. O valor, segundo o órgão fiscalizador, é superior às receitas ordinárias da agremiação no período, de R$ 74,9 milhões.

Tudo sobre: