Santos inicia conversas para renovação de contrato com Pará e Vladimir

Os atletas tem vínculo com o clube até o final deste ano. A renovação não garante que os jogadores permaneçam no Peixe na próxima temporada

Apesar do conturbado momento vivido nos bastidores - sem dinheiro nos cofres, imbróglio para quitar dívidas com outras agremiações e duas proibições na Fifa para registrar jogadores - o Santos se mobiliza nos bastidores para a manutenção dos seus jogadores jovens e também mais experientes. O goleiro Vladmir e o lateral Pará, que têm vínculo até 31 de dezembro, fazem parte deste grupo.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Em contato com ATribuna.com.br, representantes do Peixe afirmaram que já existem conversas em andamento com o goleiro e o lateral para a prorrogação do contrato.

Vladimir se machucou na partida contra o Sport, em agosto, pelo Campeonato Brasileiro, e após sua recuperação perdeu o lugar para João Paulo, que virou um dos destaques do time. Por sua história no clube, o arqueiro santista tem o respeito de todos e deve ter seu contrato renovado.

Já Pará, que saiu do Flamengo de forma amigável antes do término do seu contrato e voltou ao Peixe na temporada passada, é considerado peça importante para o técnico Cuca, que, inclusive, o considera o dono da lateral-direita. Madson, apesar de ter feito bons jogos, segue como opção.

A provável renovação de contrato de ambos não significa a permanência deles na Vila Belmiro para a próxima temporada. A diretoria precisa vender alguns atletas para pagar as dívidas e não quer correr o risco de perder nenhum atleta de graça.

O Santos pode optar com uma equipe mista diante do Botafogo, neste domingo (20), às 18h15, no estádio Nilton Santos, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Com isso, Pará e Vladimir ainda são dúvidas na lista de relacionados para o confronto. Habitualmente, o técnico Cuca não divulga a relação de jogadores.

Tudo sobre: