EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

15 de Julho de 2020

Santos faz proposta e luta para não perder Yuri Alberto de graça

Atacante tem contrato com o Peixe até 31 de julho e empresários analisam a oferta alvinegra

Disposto a renovar o contrato do atacante Yuri Alberto, de 19 anos, o Santos apresentou uma proposta de renovação contratual ao jogador e encaminhou a oferta à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Paulista de Futebol (FPF).

Procurado por ATribuna.com.br, o empresário de Yuri Alberto, Tiago Reinis, não entrou em detalhes, mas confirmou a proposta da cúpula santista. “Estamos analisando a oferta”, disse ele em rápido contato com a Reportagem.

O encaminhamento da proposta às duas entidades foi necessário porque o Santos tem preferência na renovação do vínculo, uma vez que o contrato que terminará no dia 31 de julho é o primeiro do atacante como jogador profissional. 

De acordo com a Lei Pelé, os clubes brasileiros formadores têm a preferência na renovação do primeiro acordo profissional diante de propostas iguais. 

Ou seja, se um outro clube do futebol nacional propuser um contrato idêntico ao do Santos para Yuri Alberto, o time da Vila Belmiro tem preferência para um acordo. 

Apesar de tal preferência, a permanência de Yuri Alberto na Vila Belmiro é incerta. Caso o jogador receba proposta de um clube do exterior idêntica à feita pelo Santos, a cláusula da Lei Pelé perde o seu valor, pois esse dispositivo não tem amparo da Fifa, e o atleta pode deixar a Vila Belmiro de graça. 

Revelado nas categorias de base do Peixe, Yuri Alberto foi promovido aos profissionais em 2017, mas recebeu poucas oportunidades. 

A primeira sequência no time principal só ocorreu neste ano, sob o comando de Jesualdo Ferreira, antes da paralisação devido à pandemia novo coronavírus, quando disputou os clássicos contra Palmeiras e São Paulo, e o confronto contra o Mirassol, pelo Campeonato Paulista.

Tudo sobre: