Santos enfrenta o Olimpia no retorno da Libertadores

Em sua última apresentação pela competição, no dia 10 de março, o Peixe venceu o Delfin por 1 a 0

Seis meses depois de vencer o Delfín, por 1 a 0, na Vila Belmiro, o Santos volta a atuar às 21h30 de hoje, em casa, pela Libertadores, que foi paralisada durante esse período por conta da pandemia do novo coronavírus. O adversário será o Olimpia, do Paraguai. O triunfo deixará o Peixe em situação bastante confortável no Grupo G.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

O Santos lidera com 6 pontos, contra 4 do Olimpia. Depois vêm Delfin (1) e Defensa y Justicia (0).

Além de aproximar o Santos das oitavas de final da competição, a vitória sobre os paraguaios poderá dar um alívio para o elenco, que, a partir da retomada da Libertadores, enfrentará uma maratona de jogos. 

Nos próximos 36 dias, o Peixe entrará em campo 11 vezes. Média de uma partida a cada 72 horas.

Agenda

Já de início, após o confronto com o Olimpia, o Peixe viaja ao Rio de Janeiro para encarar o Botafogo, domingo, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dias depois embarca para o Equador onde, no dia 24, visita o Delfín, em partida válida pela quarta rodada da Libertadores. No retorno, dia 27, a equipe recebe o Fortaleza, na Vila Belmiro, pelo Brasileiro. Em seguida, viagem para o Paraguai e novo encontro, no dia 1º de outubro, com o Olimpia.

Após o desembarque, o Santos enfrenta Goiás, Corinthians, Grêmio, Atlético-GO e Coritiba pelo Campeonato Brasileiro, nos dias 4, 7, 11, 14 e 18, respectivamente, e encerra a fase de grupos da Libertadores com o Defensa y Justicia, no dia 20.

Elenco

Sem desfrutar de um elenco recheado, o técnico Cuca sabe que terá que usar o maior número possível de jogadores nesse período. Por isso, encaminhar a classificação ao mata-mata da principal competição do continente com antecedência é importante para que o Peixe não sofra com desgastes excessivos e lesões.

Santos

João Paulo, Pará (Madson), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Soteldo e Lucas Braga (Raniel). Técnico: Cuca

Olimpia 

Aguilar (Azcona); Otalvaro, Leguizamón, Alcaraz e Torres; Silva, Domingo, Ortiz e Rodrigo Rojas; Camacho e Roque Santacruz. Técnico: Daniel Garnero.

Árbitro: Leodán González (URU). Local: Vila Belmiro, em Santos, terça-feira, às 21h30. Transmissão pela Conmebol TV, canal pay-per-view das operadoras Sky e Claro TV.

Tudo sobre: