EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

14 de Dezembro de 2019

Sampaoli elogia Tailson e garante Gustavo Henrique "até quando estiver no Santos"

O treinador argentino lamentou o fato de a diretoria não ter renovado o contrato do zagueiro com antecedência

O jovem Tailson caiu mesmo nas graças do técnico Jorge Sampaoli. Após a vitória do Santos, nesta quinta-feira (17), por 2 a 1, sobre o Ceará, na Vila Belmiro, o argentino fez uma série de elogios ao jogador. 

“Ele jogou com a naturalidade e a personalidade de um jogador que não sentiu o peso da responsabilidade. Não se altera por nada e tem segurança. Propõe no 1 contra 1. Faltou definir bem as jogadas quando desnivelava, mas tem um grande chute. Jogou em divisões menores como camisa 8. Com ele, temos o  potencial de desequilíbrio, como com Marinho e Soteldo. Nos abre portas. Compete com jogadores que renderam muito”, declarou Sampaoli. 

O treinador também parabenizou o zagueiro Gustavo Henrique, autor do gol da vitória, e afirmou que enquanto o defensor estiver à disposição no elenco irá utilizá-lo. 

“Ele demonstra crescimento enorme, mas o clube não tomou decisões a tempo (renovação). O Santos permitiu que um jogador que cresceu muito pudesse ficar livre. É lamentável perder um patrimônio. Eu cuido do esportivo, ele é nosso e vamos aproveitar enquanto ele estiver aqui. Que a diretoria dispute com outros clubes a possibilidade de ele ficar”, disse Sampaoli.

Na última quarta-feira (16), o defensor revelou o desejo de atuar na Europa e afirmou que irá analisar o futuro junto com a sua família.

O superintendente de futebol do Santos, Paulo Autuori, assim como Sampaoli, também criticou a direção do clube por ter deixado a situação chegar nesse ponto. 

Tudo sobre: