EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

17 de Julho de 2019

Sampaoli comemora tempo para treinar e fala em buscar soluções no elenco do Santos

Carlos Sánchez deve herdar a vaga de Jean Lucas, mas revela que tem trabalhado outros atletas para a função

O período de intertemporada não foi elogiado apenas pelos jogadores do Santos. O técnico Jorge Sampaoli também gostou dos dias livres para trabalho e explicou alguns dos ajustes e experiências que aproveitou para fazer no time durante essa parada para a realização da Copa América, no Brasil. 

"Trabalhamos para que cada jogador possa jogar em qualquer parte do campo e que possa ser produtivo. Nessas três semanas fizemos uma ótima preparação para que possamos superar os times que vamos enfrentar, com três volantes. Antes, o Pituca jogava por fora e o Jean Lucas ficava mais encostado. Agora, com a saída dele, temos que construir outras coisas. O Evandro chegou, mas chegou um pouco tarde. Ainda não está em forma e pode demorar um pouco mais de tempo para que possa jogar", detalhou o argentino.

Um dos testes que Sampaoli tem feito é a busca no elenco por um substituto de Jean Lucas, no meio-campo. O técnico revelou que Sánchez, apesar de ter outras características, tem assumido a função. Porém, ele tem trabalhado com outros atletas no setor. 

"Temos que construir novas formas, porque o time que enfrentou o Corinthians - na vitória por 1 a 0, o último jogo antes da pausa -  já não é mais o mesmo. Sánchez, por exemplo, não joga igual ao Jean Lucas, então temos que prepará-lo e preparar os outros jogadores que temos para suprir essa ausência. O Rodrygo também saiu. Temos que encontrar algum jogador como ele. Se não temos dinheiro, temos que encontrar algum por aqui", concluiu o comandante.