EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

20 de Janeiro de 2020

Partida do Santos contra o Flamengo pode selar despedidas

Jorge Sampaoli e defensores têm chance de deixar o clube alvinegro

O jogo contra o Flamengo, neste domingo (8), às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pode marcar uma série de despedidas no Santos. Do técnico Jorge Sampaoli, que está na mira do Palmeiras e não resolveu se fica na Vila, a jogadores como o goleiro reserva Vanderlei, a lista é grande.

O último jogo do Campeonato Brasileiro pode fechar o ciclo de quase toda a defesa. O zagueiro Gustavo Henrique, cujo contrato está prestes a expirar, dificilmente continuará. Assim como o lateral-esquerdo Jorge, que está emprestado pelo Monaco e tem poucas chances de ser comprado.

Outro defensor que ensaia o adeus é o zagueiro Lucas Veríssimo. Recentemente, ele se associou a um empresário italiano com a expectativa de ser negociado e jogar na Europa. 

Entre os reservas, o goleiro Vanderlei tem contrato até o final de 2020, mas o presidente José Carlos Peres já anunciou que, caso apareça uma boa proposta por ele, vai facilitar a saída, em nome dos bons serviços prestados e da conduta exemplar desde que perdeu a posição para Everson.

Por falar em goleiros, Vanderlei tem a chance de se despedir jogando. No treino de de sexta-feira (6), que foi fechado à imprensa, mas do qual A Tribuna On-line teve acesso às informações, ele atuou como titular, uma vez que Everson sente dores no tornozelo.

Victor Ferraz e Jorge também reapareceram, pois Pará e Felipe Jonatan foram expulsos na derrota por 1 a 0 para o Athletico-PR. Luan Peres, outro que recebeu o cartão vermelho em Curitiba, deu lugar a Lucas Veríssimo.

O time que treinou na última sexta (6) para enfrentar o Flamengo teve Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison, Diego Pituca e Sánchez; Marinho, Eduardo Sasha e Soteldo.

Com 71 pontos, o Santos divide a vice-liderança com o Palmeiras. O Peixe, no entanto, leva vantagem no número de vitórias, que é o primeiro critério de desempate (21 a 20). 

Desta forma, se vencer o Flamengo, o time da Vila Belmiro termina na segunda colocação e embolsa o prêmio de R$ 31,3 milhões oferecido pela CBF. O dono do terceiro lugar receberá R$ 29,7 milhões.
O dinheiro é importante para quitar as pendências financeiras de direitos de imagem com o elenco.
Campeão, o Flamengo verá entrar o total de R$ 33 milhões nas suas contas bancárias pelo título.

 

Tudo sobre: