EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

20 de Julho de 2019

Números mostram que desânimo de Sampaoli em relação ao título não se justifica

Em 2018, o Palmeiras, que se sagrou campeão brasileiro, era apenas o 11º colocado ao fim da 8ª rodada

Apesar de o Santos estar na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 17 pontos, o técnico Jorge Sampaoli não está otimista em relação à conquista do título. Após a vitória sobre o Atlético-MG, domingo (9), por 3 a 1, na Vila Belmiro, o treinador admitiu que será difícil alcançar o Palmeiras, líder da competição com 19 pontos, mas um jogo a menos. 

A edição de 2018 do Brasileirão, no entanto, mostra que o treinador exagera no realismo. No ano passado, no encerramento da oitava rodada, o Flamengo era o líder do campeonato com o mesmo número de pontos que o Peixe tem atualmente. O Palmeiras, que posteriormente sagrou-se campeão, ocupava apenas a 11ª colocação,  com 11 pontos. 

Ou seja, ao longo das 30 rodadas restantes, o time de Luiz Felipe Scolari tirou a diferença de seis pontos e terminou a competição com oito à frente do rubro-negro carioca, vice-campeão.

O que faz o treinador argentino não se empolgar com a busca pelo topo da tabela é a regularidade do Verdão nesse Brasileirão. O Palmeiras é o único time invicto do campeonato, com seis vitórias e um empate (na sexta rodada, o Alviverde venceu o Botafogo por 1 a 0, mas o resultado da partida está sob análise do STJD devido a um suposto erro na utilização do VAR).

Além disso, Sampaoli não vê o elenco do Santos completamente conectado com a sua filosofia de trabalho. Vale ressaltar que o Peixe anunciou as contratações de Marinho e Fernando Uribe recentemente. 

"Muito difícil. O Palmeiras vem em um bom ritmo e vai ser muito difícil de alcançar (...) Lamento dizer que não vejo facilidade. Aguentar um torneio tão longo e exigente tem que ter um plantel convencido da ideia", disse o comandante santista depois da vitória sobre o Galo.

Realidade é outra

Mesmo com Sampaoli contendo o otimismo, o torcedor do Santos já tem motivos para comemorar se considerarmos a melhora em relação ao Brasileirão do ano passado. 

Em 2018, o Peixe teve um início de campeonato muito ruim. Ao término da oitava rodada, o time da Vila Belmiro se encontrava na 18ª posição, brigando para sair da zona de rebaixamento, com apenas 7 pontos. 

Na época, o Santos tinha duas vitórias, um empate e cinco derrotas, sendo uma delas por 5 a 1 para o Grêmio, em Porto Alegre. O Peixe terminou o Brasileirão do ano passado na 10ª posição, com 50 pontos conquistados.