EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

9 de Agosto de 2020

Maior driblador do Paulista, Soteldo é a esperança do Santos contra a Ponte Preta

Liderança técnica do Peixe, o venezuelano é a arma de Jesualdo para quebrar as linhas defensivas da Macaca

Longe de encher os olhos do torcedor, o Santos tem, às 21h30 desta quinta-feira (30), na Vila Belmiro, contra a Ponte Preta, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, a primeira decisão da temporada. E para sair vitorioso deste confronto, muito do sucesso do Peixe passa pelos pés do atacante Soteldo. 

Liderança técnica da equipe, o camisa 10 é a principal arma do técnico Jesualdo Ferreira para quebrar as linhas defensivas da Ponte Preta, caso a equipe campineira adote uma postura excessivamente defensiva. 

Jogador com melhor média de dribles certos na competição, 3,7 por partida, e autor de um gol no Estadual, Soteldo destoa do padrão de jogo da equipe que, sob comando do português, ainda não conseguiu emplacar uma sequência com futebol envolvente. 

Diante da Macaca, a habilidade do venezuelano pode representar o caminho da vitória santista. A Ponte Preta é um time que abusa das faltas e é a equipe mais indisciplinada da competição, com 33 cartões amarelos e um vermelho. 

O jogo duro campineiro, no entanto, não tem funcionado para combater os ataques adversários. Ao longo dos 12 confrontos da primeira fase do Paulistão, os comandados do técnico João Brigatti sofreram 16 gols.

Isso faz da defesa pontepretana a terceira mais vazada do Paulistão, à frente apenas de Oeste, que levou 24, e do Botafogo-SP, que sofreu 23 gols.

Tudo sobre: