EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

8 de Agosto de 2020

Madson chega ao Santos e diz ser o oposto de Victor Ferraz

Lateral-direito colocou a nova oportunidade como uma das mais desafiadoras das sua carreira

Contratado do Grêmio, em uma troca com Victor Ferraz, o lateral-direito Madson foi apresentado pelo presidente do Santos, José Carlos Peres, no início da tarde desta quinta-feira (16) no CT Rei Pelé. Em entrevista coletiva, o atleta colocou a nova oportunidade como uma das mais desafiadoras das sua carreira e revelou ter estilo oposto ao do antigo dono da posição.

Antes de desembarcar na Vila Belmiro, o jogador, além do Grêmio, passou por Vasco e Athletico-PR, onde viveu bons momentos. Agora, espera dar continuidade com a camisa alvinegra. 

“É um dos maiores desafios, sim. No Vasco tive, infelizmente, a situação do rebaixamento, mas tive conquistas. Cheguei lá, o clube estava há 13 anos sem ganhar o Campeonato Carioca e fui bicampeão. Levei o clube à Libertadores depois de muito tempo. Tive altos e baixos. No Grêmio tive dificuldade na metodologia, não encaixou muito. Era muita posse de bola, sem muitas transições, e isso dificultou um pouco. No Athletico foi um casamento quase perfeito, encaixou com meu estilo, muita transição e velocidade, atacar espaço. Aqui é parecido, muita transição e velocidade. Espero me adaptar o mais rápido possível”, disse Madson.

O lateral-direito também fez questão de explicar as diferenças técnicas do seu futebol com as de Victor Ferraz, ex-dono da posição no Santos e capitão da equipe.

“O Victor Ferraz é um jogador mais técnico, de construção curta, que joga por trás da linha ofensiva. Tem bom passe, mas pouca infiltração de linha de fundo. Sou o contrário, ofereço opção na frente, principalmente de ultrapassagem, gosto de atacar espaço e chegar na área. Mas quem vai dar o feeling é o Jesualdo. Vou treinar e ele vai me orientar. Quero assimilar o mais rápido possível aquilo que o treinador quer”, finalizou o novo reforço.

Tudo sobre: