EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

6 de Agosto de 2020

Kaio Jorge treina como titular e pode ser a novidade do Santos contra o Delfín

Jesualdo Ferreira também promove o retorno de Pará à lateral direita, no lugar de Madson

Depois de garantir a vitória do Santos na estreia da Libertadores, na semana passada, contra o Defensa y Justicia, na Argentina, o atacante Kaio Jorge pode ser a novidade do técnico Jesualdo Ferreira para o segundo confronto da competição, nesta terça-feira (10), às 19h15, na Vila Belmiro, contra o Delfín, do Equador. 

No último treinamento antes da partida, com portões fechados à imprensa, mas do qual ATribuna.com.br obteve informações, o treinador trabalhou com o atacante pelo lado direito da linha ofensiva no lugar de Yuri Alberto.

Yuri foi titular nos três últimos compromissos do Peixe e balançou as redes na vitória de sábado (7), sobre o Mirassol, em casa, por 3 a 1. 

Além de Kaio Jorge, o lateral-direito Pará retornou ao time titular na vaga de Madson, que fez a  estreia no final de semana. 

Assim, o provável Santos que encara os equatorianos tem Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Soteldo, Eduardo Sasha e Kaio Jorge. 

O confronto terá os portões fechados por conta de uma punição imposta pela Conmebol, devido aos atos de vandalismo causados pelos torcedores do Santos em 2018, após a desclassificação alvinegra nas oitavas de final da Libertadores, frente ao Independiente, da Argentina, no Pacaembu.

O Santos lidera o Grupo G com 3 pontos. O Delfín, adversário desta terça-feira (10), tem 1 ponto, que foi conquistado no empate por 1 a 1, no Equador, contra o Olimpia, do Paraguai. 

A segunda rodada da chave termina nesta quarta-feira (11), às 21h30, com o duelo entre Olimpia e Defensa y Justicia, na capital paraguaia.

Tudo sobre: