Holan cumpre promessa e Santos faz seu melhor jogo após intensivão de treinos

Alvinegro mostrou muita evolução diante do San Lorenzo, terça-feira (6), em Buenos Aires

Além de deixar o Santos bem próximo da fase de grupos da Libertadores, a vitória por 3 a 1 sobre o San Lorenzo, terça-feira, em Buenos Aires, representa o primeiro grande jogo da equipe sob o comando do técnico Ariel Holan. E esse importante triunfo ocorre justamente após o treinador argentino ter tido duas semanas livres para treinamentos. Ele prometeu e entregou bom futebol.

Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!

Anunciado pelo Santos no final de fevereiro, Holan desembarcou na Vila Belmiro falando em mentalidade ofensiva. “Gosto do jogo de passe e recepção, que a equipe tenha mentalidade ofensiva, que ataque massivamente. Quem ataca bem, defende bem”. 

Porém, após o empate por 1 a 1 com o Deportivo Lara, da Venezuela, em Caracas, pela segunda fase preliminar da Libertadores, o técnico, um pouco decepcionado com a pressão do limitado adversário no final da partida, salientou que precisava de tempo para implantar sua filosofia. 

“Precisaremos de algumas semanas, trabalhamos há pouco tempo. Jogamos mais do que treinamos”, disse ele na ocasião. 

E o argentino tinha razão. A partir da sua estreia, na goleada sofrida frente ao São Paulo, por 4 a 0, no Morumbi, pelo Paulista, o Santos disputou quatro jogos em apenas 10 dias, com duas vitórias e um empate, além da derrota no clássico. 

Ariel Holan deixou Buenos Aires satisfeito com a atuação do Santos diante do San Lorenzo

O desejado período para treinos apareceu no final do mês passado. Em razão da pandemia e da suspensão das partidas do Paulista, Holan comandou uma intertemporada em Atibaia, com treinos em dois períodos por nove dias. 

Diante do San Lorenzo, com organização e marcação no ataque, o Santos empurrou os donos da casa para o campo de defesa e naturalmente abriu 2 a 0 antes do intervalo. A superioridade foi tamanha que o Santos terminou a primeira etapa com 64% de posse de bola, contra 36% dos argentinos. 

No segundo tempo o time sofreu um pouco, mas definiu a vitória nos acréscimos e encaminhou a classificação. 

Mais treinos

Ainda sem os compromissos do Estadual programados, Holan terá mais uma semana livre para treinamentos visando o segundo duelo contra o San Lorenzo, na próxima terça-feira, em Brasília, e o aperfeiçoamento da sua filosofia na equipe.

Tudo sobre: