EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

14 de Agosto de 2020

Fortaleza admite interesse em Jean Mota, mas ainda não tem acordo com o Santos

Tricolor cearense não descarta, inclusive, a possibilidade da negociação não ocorrer

Em dificuldades financeiras e precisando pagar dívidas cobradas na Fifa, o Santos tem conversas em andamento para negociar o meio-campo Jean Mota com o Fortaleza. Porém, a transferência do atleta, segundo o próprio mandatário do tricolor cearense, Marcelo Paz, pode não ocorrer. 

Em contato com ATribuna.com.br, o presidente do Fortaleza admitiu o interesse no camisa 41 do Peixe, mas afirmou que não há nada definitivo. 

“Estamos conversando. Temos interesse sim, mas não há nada resolvido”, disse Paz antes de ser questionado sobre detalhes da negociação. 

“Ainda não sabemos. Poderia ser por empréstimo, definitivo ou pode simplesmente não acontecer. Prefiro esperar antes de tratar do assunto publicamente”, acrescentou o dirigente. 

Também procurado pela Reportagem, o representante do atleta, Diogo Silva, disse que espera os clubes entrarem em um acordo para poder tratar dos interesses de Jean Mota.

“Por enquanto não tem nada. Ele é jogador do Santos”, comentou o agente. 

O interesse do Fortaleza no camisa 41 do Peixe foi divulgado inicialmente pela Gazeta Esportiva e confirmada por ATribuna.com.br. 

Caso a negociação evolua e Jean Mota vá embora, será o segundo armador a deixar o elenco. Evandro, que tinha contrato até o último dia 31, não foi procurado para renovar o vínculo e não faz mais parte do grupo.

Assim, a única opção de origem que Jesualdo Ferreira tem à disposição é o jovem Anderson Ceará, promovido ao elenco profissional antes da pandemia do novo coronavírus, mas que ainda não atuou sob o comando do treinador português. Ou então, Carlos Sánchez, que originalmente é um segundo volante, deve continuar responsável pela armação de jogadas.

Tudo sobre: