EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

20 de Abril de 2019

Ex-jogador da base do Santos, Felipe Cardoso escapa de incêndio no CT do Flamengo

O quarto em que o meia de 15 anos estava hospedado no alojamento foi tomado pelo fogo

O meia Felipe Cardoso, de 15 anos, foi um dos sobreviventes do incêndio que acometeu o Ninho do Urubu, o centro de treinamento do Flamengo, na madrugada desta sexta-feira (8).

O jogador passou seis anos nas categorias de base do Santos e, na semana passada, o clube carioca acertou com o Peixe sua transferência.

O quarto em que ele estava hospedado no alojamento do CT foi tomado pelo fogo. Segundo informou à Tribuna On-Line o pai de Felipe, Alex, depois de ter contato com o filho, o meio-campista acordou devido ao cheiro da fumaça.

"Ele acha que foi por causa do ar-condicionado. Ele conseguiu acordar dois meninos que também estavam no quarto e fugir com eles, mas os outros não acordaram", contou o pai.

"O Felipe está bem. Só arranhou o braço na porta quando correu. Está abalado e nervoso por causa dos colegas e familiares. Eles sonham com a oportunidade de jogar futebol desde pequenos, aí tem um fim trágico assim. Abala demais. Não queria estar na pele deles", disse ainda Alex.

O pai ainda assegurou que o Flamengo está prestando toda assistência às vítimas e aos que escaparam.