EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

13 de Julho de 2020

Evandro cobra dívida do Santos e promete ir à Justiça

Meia tem contrato com o Peixe até o próximo dia 31, mas já foi informado que não terá o vínculo renovado

A passagem do meio-campo Evandro pelo Santos terminou, mas a tendência é que jogador e clube se encontre nos tribunais. Segundo o atleta, que não terá o contrato, com término no próximo dia 31, renovado, o Peixe lhe deve direitos de imagem e não vinha depositando o FGTS. 

A informação foi revelada pelo próprio Evandro em entrevista ao jornalista Ademir Quintino. 

“O Santos me deve bastante. São quatro (meses de direito) de imagem. A CLT está com problema, porque acabou não tendo acordo, não sei como está agora. O fundo de garantia não estava sendo depositado. Na última vez que olhei, estava em três, quatro meses de atraso. Vai ter que ser na Justiça. Acho difícil o Santos querer acertar com jogador que não joga mais pelo clube", disse o meio-campista.

O jogador ainda deixou claro que a sua intenção era permanecer na Vila Belmiro e disse que se fosse o caso abriria mão até do reajuste salarial que estava previsto na preferência de renovação a que o Santos tinha direito. 

"Foi uma pena porque eu curti demais ter jogado no Santos. Nenhuma (mágoa). Fiquei chateado por não ter ficado. Para todo mundo era muito mais fácil a minha permanência. O Santos está proibido de inscrever jogadores. Não seria um esforço absurdo financeiramente. Vou ser sincero: se me falassem 'Evandro, por causa da pandemia nós queremos mais esse aditivo que tem no teu contrato'. Eu ficaria fácil. Não houve nem tentativa de negociação", contou. 

Livre, o jogador analisa o futuro e o Athletico-PR, que já fez proposta de contrato, aguarda uma decisão de Evandro, que foi revelado pelo Furacão.

Tudo sobre: