Embalado, Santos recebe o São Paulo em clássico pelo Brasileirão

Peixe busca a primeira vitória em clássicos em 2020

Motivado pela importante vitória sobre o Atlético-MG, quarta-feira, na Vila Belmiro, por 3 a 1, o Santos recebe o São Paulo, às 19h deste sábado (12), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os três pontos diante do Tricolor podem trazer dois importantes aspectos psicológicos para o Peixe: a entrada no G4 da competição e a primeira vitória em clássicos na temporada.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Para ingressar no pelotão da frente do campeonato, além de vencer o time do Morumbi, o Santos terá que torcer pela derrota do Palmeiras, que recebe o Sport, e empates de Atlético-MG, que encara o Red Bull Bragantino em casa, e Vasco, que visita o Botafogo. Todos esses jogos serão amanhã

Se isso ocorrer, os comandados de Cuca chegarão aos 17 pontos e irão assumir a terceira colocação, ultrapassando inclusive o São Paulo - atual dono da posição - no saldo de gols (12x11 para o Peixe).

O triunfo, que pode confirmar o melhor momento vivido pela equipe na temporada, também colocará fim a um jejum.

Neste ano, o Santos disputou quatro clássicos e não venceu nenhum. Foram três derrotas e apenas um empate.

Ainda sob o comando do técnico Jesualdo Ferreira, o time da Vila Belmiro empatou em 0 a 0 com o Palmeiras e perdeu para Corinthians e São Paulo, por 2 a 0 e 2 a 1, respectivamente, no Campeonato Paulista. Já com Cuca à beira do campo, o Alvinegro foi derrotado pelo Verdão no Brasileirão, por 2 a 1.

Time

Para o duelo, o Santos não terá Felipe Jonatan suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por se tratar do único lateral-esquerdo de ofício do elenco, o técnico Cuca terá que improvisar alguém na posição. 

Luan Peres, que volta de suspensão junto com Alison e Lucas Veríssimo, pode ser uma alternativa para aquele setor.

A lateral direita também é uma dor de cabeça para o treinador santista. Poupado contra o Atlético-MG, Pará ainda não se encontra 100% e pode ser substituído, mais uma vez, por Madson. 

No ataque, Lucas Braga e Arthur Gomes brigam para continuar ao lado de Marinho e Soteldo.

Contudo, em função da maratona de jogos e do compromisso de terça-feira pela Libertadores, contra o Olimpia, às 21h30, na Vila Belmiro, Cuca pode poupar jogadores.

Tudo sobre: