EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

20 de Outubro de 2019

Em São Januário, Tailson estreia com gol e dá a vitória para o Santos sobre o Vasco

Atacante de 20 anos marcou um golaço no jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, por 1 a 0, Peixe foi a 44 pontos

O Santos sofreu, mas contou com uma promessa da base para vencer o Vasco por 1 a 0 neste sábado, em São Januário, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em seu primeiro jogo como profissional, Tailson fez bonito gol para encerrar jejum de 14 anos sem vitórias do clube paulista no estádio cruzmaltino. Os donos da casa até tiveram um pênalti quando a partida estava empatada, mas Rossi parou em Everson.

Com o triunfo, o Santos se mantém na caça aos líderes e chega aos 44 pontos, voltando a aparecer no retrovisor do Flamengo, que soma 49, e do Palmeiras, que tem 46. O líder joga neste domingo, fora de casa, contra a Chapecoense, às 11h. No mesmo dia, o segundo colocado recebe o Atlético-MG, às 16h, no Allianz Parque. O Vasco estaciona nos 27 pontos e ocupa o 13º lugar da tabela.

O primeiro tempo foi movimentado, com chances dos dois lados, especialmente para o time da casa. Entretanto, o primeiro lance de perigo foi dos visitantes, aos oito minutos. Jogando na ala esquerda na volta do Santos ao esquema de três zagueiros pelos desfalques de Carlos Sánchez e Derlis González (dores na coxa), Jorge chutou de longe e Felipe Miguel se atrapalhou para fazer a defesa em dois tempos.

Apesar do pequeno vacilo do goleiro vascaíno, os donos da casa não foram mais ameaçados de maneira significativa no decorrer da primeira metade. A pressão passou para o outro lado e a defesa santista teve bastante trabalho. Aos 25, veio a primeira chance real para o Vasco. Após bate-rebate dentro da pequena área, Talles Magno bateu sem direção pelo lado esquerdo de Everson.

Cinco minutos mais tarde, os mandantes voltariam a levar perigo: Andrey acertou belo chute de esquerda de fora da área e carimbou o travessão do arqueiro santista. Everson, aliás, seria protagonista aos 35. Foi quando ele deslocou Rossi dentro da área e ocasionou pênalti para o Vasco. O atacante foi para a cobrança mas parou no goleiro alvinegro, que saltou para espalmar do lado esquerdo.

Antes do intervalo, o cruzmaltino ainda teria outra chance, aos 45, quando Talles Magno recebeu na entrada da área após boa trama ofensiva pelo lado esquerdo. A jovem promessa, no entanto, bateu para fora e manteve o placar inalterado na etapa inicial. Apesar do marcador zerado, as equipes voltaram com as mesmas escalações para o segundo tempo, que também contou com emoções.

O primeiro gol veio logo aos quatro minutos. E foi inédito: em sua estreia como profissional, Tailson finalizou grande jogada para colocar o Santos à frente. Joia da base, o atacante de 20 anos recebeu de Evandro, que deu bela assistência de primeira após inversão de Soteldo, e fuzilou Fernando Miguel.

A promessa acabou de renovar com o clube praiano por cinco anos com multa rescisória de 100 milhões de euros (R$ 445 milhões, na cotação atual) após flertar com o Barcelona B. Tailson também é o primeiro atleta da base a ser utilizado pelo técnico argentino Jorge Sampaoli em mais de quatro meses, depois de Kaio Jorge.

Dois minutos depois do 1 a 0, o time alvinegro quase ampliou com Jorge, que recebeu de Sasha e chutou no goleiro. O troco do Vasco veio aos oito, quando Victor Ferraz quase fez contra. Quatro minutos mais tarde, Pikachu bateu com perigo, mas a bola foi desviada. Foi o início de uma pressão cruzmaltina suportada pela defesa santista. Mesmo com o baque sofrido pelo time visitante, que teve Evandro expulso aos 33 minutos.

O volante deu carrinho com a sola do pé no tornozelo de Marrony e tomou o cartão amarelo. Porém, após a revisão sugerida pelo árbitro de vídeo, Sávio Pereira Sampaio optou pela controversa expulsão. Nada que tenha comprometido a vitória do Santos. Na próxima rodada, a equipe de Sampaoli recebe o rival Palmeiras, na quarta-feira, às 21h30, na Vila Belmiro. No dia seguinte, o Vasco visita o Avaí, às 19h15, em Florianópolis.

Tailson, autor do gol da vitória do Peixe sobre o Vasco no Rio de Janeiro (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Ficha técnica:

Vasco 0 x 1 Santos
23ª rodada do Campeonato Brasileiro
5 de outubro de 2019 (sábado)
17h (de Brasília)
São Januário (Rio de Janeiro, RJ)

Escalações:

Vasco: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Richard, Andrey (Felipe Ferreira) e Marcos Júnior (Clayton); Rossi (Ribamar), Marrony e Talles Magno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Santos: Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Luan Peres (Alison); Diego Pituca, Evandro e Jorge; Tailson (Marinho), Eduardo Sasha e Soteldo (Felipe Jonatan). Técnico: Jorge Sampaoli

Gol: Tailson (4'2T), pelo Santos

Cartões amarelos: Andrey, Marrony e Leandro Castán (Vasco); Luan Peres e Soteldo (Santos)

Cartão vermelho: Evandro (Santos)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)

VAR: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

Tudo sobre: