Em Campinas, Santos joga por reação e permanência no G4 da Série B

Depois da péssima atuação e derrota em Manaus, Peixe enfrenta a Macaca em Campinas

Por: Régis Querino  -  15/05/24  -  06:36
Morelos (de camiseta azul) vai ter mais uma chance no ataque do Peixe
Morelos (de camiseta azul) vai ter mais uma chance no ataque do Peixe   Foto: Raul Baretta/Santos FC

O Santos visita a Ponte Preta nesta quarta (15), às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, para dar uma resposta após a derrota para o Amazonas e se manter no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo é válido pela quinta rodada.


Clique aqui para seguir agora o novo canal de A Tribuna no WhatsApp!


Em terceiro lugar na tabela, com 9 pontos, o Peixe precisa pontuar para não correr o risco de deixar a zona de classificação. Uma derrota para a Macaca, aliada a outros resultados, tiraria o time do G4.


O líder da Série B, com 12 pontos, é o Sport, única equipe com 100% de aproveitamento em quatro rodadas. O Goiás está na segunda posição, com 10 pontos.


Mudança de postura

Depois que o técnico Fábio Carille cobrou do elenco mudança de atitude após a apática atuação no revés em Manaus, a expectativa é que o Alvinegro entre em campo com outra disposição diante da Ponte.


A equipe campineira faz uma campanha irregular e ocupa a 12ª posição, com 5 pontos, uma vitória, dois empates e uma derrota. Na última rodada, empatou em 1 a 1 com o Operário, em Ponta Grossa-PR.


As equipes já se enfrentaram na temporada. Na segunda rodada da primeira fase do Paulistão, na Vila Belmiro, o Peixe bateu a Ponte por 3 a 1, com dois gols de Giuliano e um de Julio Furch.


Para o confronto, Carille promove a volta do zagueiro Gil à equipe. Poupado contra a Onça Pintada, o veterano retorna para fazer dupla com Joaquim.


Nas demais posições, o treinador deve manter o time-base que vem jogando desde o início da Série B. Os atacantes Pedrinho e Julio Furch continuam fora, em tratamento para se livrar de dores causadas pela pubalgia.


Carille não quer acelerar o retorno da dupla, para evitar o agravamento do problema. O caso do argentino requer mais atenção do departamento médico e Furch também não deve ser relacionado para o jogo de domingo (19), às 11 horas, contra o Brusque na Vila Belmiro.


Liberado pelo STJD para receber público no Alçapão, o Santos iniciou nesta terça (14) a venda de ingressos para a partida, válida pela sexta rodada. A renda será revertida ao SOS Rio Grande do Sul, para atendimento às vítimas das enchentes no estado.


Pela reversão da pena, o clube precisa arrecadar no mínimo R$ 500 mil. Se a renda da partida não for suficiente, o Alvinegro terá que completar o montante.


Logo A Tribuna
Newsletter