EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

18 de Março de 2019

Cueva comemora gringos no Santos e fala em se tornar ídolo da torcida

O meio-campista está feliz por ter vários estrangeiros como ele no elenco do Peixe

Em suas primeiras declarações como jogador do Santos, o peruano Christian Cueva fez questão de falar grosso. Ciente da rica história do Peixe, o meio-campista afirmou que  seu principal objetivo com a camisa alvinegra é se tornar ídolo da torcida.

E para conquistar esse status, Cueva já comemora o fato de ter ao lado um grupo de jogadores estrangeiros e poder atuar com garotos. 

“Muitos gringos. Eu me lembro no São Paulo de alguns, Pratto, Buffarini, Jhonatan Gomez (todos argentinos). Quando cheguei aqui e vi essas variações entre jovens e experientes, fiquei feliz. O time tem uma mentalidade distinta. Quero ser ídolo neste grande clube. É um desafio,  porque sabemos quem passou por aqui. Tenho esse objetivo”, comentou o atleta.

Além dos companheiros gringos, Cueva contará com o apoio do técnico Jorge Sampaoli. Segundo o peruano, a amizade entre os dois não terá início nessa passagem de ambos pela Vila Belmiro. 

“Não conheço Sampaoli de agora. Conheço de muito tempo. Foi treinador de dois times do meu país e, por isso, temos muitos amigos em comum. A verdade é que estou feliz pela oportunidade de estar nesta equipe e por saber o que ele quer. Tive um treinador argentino como o Gareca, com os mesmos pensamentos, e isso me ajuda muito”, completou o atleta.