Cueva cobra R$ 1 milhão do Santos, que exigirá 100 milhões de euros do Pachuca para liberar o atleta

Peixe tem até quarta-feira (12) para se posicionar na Fifa sobre a ação que o peruano ingressou

No México à espera de uma liberação da Fifa para defender o Pachuca, o meio-campo Christian Cueva cobra R$ 1 milhão do Santos, referente a cinco meses de atraso nos direitos de imagem. A existência dessa dívida, no entanto, é negada pela cúpula alvinegra, que tem até quarta-feira (12) para se posicionar sobre o caso na entidade que comanda o futebol e, por sua vez, irá cobrar 100 milhões de euros do clube mexicano. 

De acordo com o apurado por ATribuna.com.br, a Federação Mexicana de Futebol solicitou, a pedido do Pachuca, a transferência de Cueva na Fifa.

A Fifa, então, acionou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que entrou em contato com o Santos e estipulou o dia 12 de fevereiro como data-limite para que o time da Vila Belmiro apresente a sua defesa. 

Ainda conforme as informações obtidas pela Reportagem, o Santos vai se manifestar provando que não deve nada ao peruano. Contudo, a Fifa deve conceder a liberação forçada ao jogador, que poderá defender o clube mexicano.

A partir daí, o Santos irá exigir do Pachuca o pagamento da cláusula indenizatória para clubes do exterior existente no contrato de Cueva. Essa cláusula tem multa estipulada em 100 milhões de euros (R$ 471 milhões na cotação atual).

Por se tratar de uma quantia quase impagável, a intenção da diretoria do Santos é receber do Pachuca os US$ 7 milhões que precisam ser pagos ao Krasnodar, da Rússia, até o final do vínculo de Cueva com o Peixe, em dezembro de 2022.

Baixo rendimento

Cueva foi contratado pelo Santos em fevereiro do ano passado. Ao todo, o meio-campista disputou 17 jogos com a camisa alvinegra. É preciso ressaltar, no entanto, que ele não atuou por 90 minutos em nenhum desses compromissos. 

Além de problemas de indisciplina fora dos campos, como uma briga na balada com um torcedor, o peruano não correspondeu com a bola nos pés. No Santos, Cueva não marcou nenhum gol, tampouco foi o autor de assistências. 

Tudo sobre: