Cuca explica escolha por Pará e Alison entre os titulares do Santos

Técnico não vê Madson como uma opção mais ofensiva na lateral-direita do Peixe

Após o empate por 0 a 0 com o Olimpia, na Vila Belmiro,  na noite desta terça-feira (15), pela terceira rodada da Copa Libertadores, o técnico Cuca explicou os motivos que o fizeram escolher Pará na lateral-direita mesmo após Madson ter duas boas atuações recentemente, principalmente em termos ofensivos. 

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

"Discordo que Madson seja mais ofensivo do que o Pará. Madson tem fundo melhor, mas o Pará entra muito bem na diagonal e por dentro, por termos um ponta aberto. Aproveita mais esse espaço que o Madson. O motivo de ter jogado é esse. Saiu devido a uma lesão e era titular, questão de coerência e confiança no jogador".

O treinador também respondeu por que tem optado por Alison na equipe titular ao invés de atuar com Diego Pituca na função de primeiro volante.

"Depende da maneira que se joga. Se jogar com poucos atacantes, não tem problema. Mas pela maneira com que temos jogado, o time fica vulnerável sem um defensor no meio-campo. Nós tiramos o Alison durante o jogo. Melhorou depois que ele saiu? Quantas chances tivemos a mais? Não se trata de culpar um jogador", finalizou o treinador.

Tudo sobre: