Cuca comanda treino intenso no Equador e define Santos para encarar o Delfín

Raniel, que não foi bem diante do Botafogo, no domingo (20), foi mantido na equipe titular

O Santos realizou na tarde desta quarta-feira (23) o último treino antes do confronto diante do Delfin, do Equador, nesta quinta (24), às 23 horas (horário de Brasília), no Estádio Jocay, na cidade de Manta, pela quarta rodada do Grupo G da Libertadores. A atividade ocorreu no Complexo Esportivo Elegole. Mesmo com a viagem desgastante, o técnico Cuca fez um trabalho técnico em campo dando mostras de um provável time titular para o duelo que pode encaminhar a classificação do Peixe às oitavas de final da competição. Ele deve manter a base que empatou com o Botafogo em 0 a 0, no último domingo (20), pelo Brasileirão.

A única mudança é a entrada do atacante Soteldo no lugar de Jean Mota. O venezuelano não atuou contra os cariocas, pois estava suspenso com o terceiro cartão amarelo. 

Como a equipe não treinou na terça-feira (22), no Rio de Janeiro, em decorrência das fortes chuvas, Cuca aproveitou o trabalho desta tarde para observar seus atletas e realizou um treino intenso e longo. 

O volante Alison, o goleiro Vladimir e o zagueiro Luís Felipe seguem realizando tratamento médico no CT Rei Pelé e desfalcam o time santista. Alison chegou a ser dúvida para o jogo, mas ainda se recupera de uma canelite e não viajou com o elenco.

Assim, o provável Santos para o compromisso é: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonathan; Diego Pituca, Carlos Sanchez e Arthur Gomes; Soteldo, Marinho e Raniel.

Tudo sobre: