EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

19 de Setembro de 2019

Contra Gabigol e Bruno Henrique, Santos quer provar que pode brigar pelo título até o fim

Carlos Sánchez fala sobre enfrentar os dois ex-companheiros de Peixe e o compatriota Arrascaeta

O duelo do próximo sábado (14), às 17 horas, no Maracanã, entre Santos e Flamengo, e irá marcar o primeiro encontro de Gabriel e Bruno Henrique com o time da Vila Belmiro. Ambos deixaram o Peixe entre o final do ano passado e o início da atual temporada e, juntos de Arrascaeta, têm sido personagens da boa fase vivida pelo Rubro-Negro em 2019. 

Ex-companheiro da dupla no Alvinegro, Carlos Sánchez espera que a equipe consiga neutralizar os atacantes e todo o time carioca. 

"Temos que neutralizar os 11. Não só Gabriel ou Bruno Henrique. Eles estão em um bom momento. Nós tivemos esse momento também e queremos retomar. Futebol tem passagens boas e não tão boas. Esse é o momento de demonstrar a nós mesmos que podemos lutar até o fim pelo torneio. Não pudemos ganhar como mandantes, então temos que ganhar como visitantes. Estamos cometendo erros, mas podemos corrigir", disse o meio-campista em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (11).

Conhecedor das características de Arrascaeta devido à convivência na seleção do Uruguai, Sánchez também alerta para a qualidade e bom momento do compatriota.

"Conselho para pará-lo não posso dar. É um jogador diferente. Muito bom. Vive um grande momento. Temos que nos motivar, pois o Flamengo é um grande time, com grandes jogadores. Apesar disso, podemos fazer uma grande partida no Maracanã", completou o camisa 7 do Peixe.