EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

20 de Julho de 2019

Conselheiros pedem expulsão de filha de José Carlos Peres do Santos

O pedido foi motivado pelo fato de Daniella Peres Rocco ter feito ofensas aos conselheiros na internet

Incomodado com o comportamento da filha do presidente José Carlos Peres, Daniella Peres Rocco, um grupo de conselheiros do Santos aproveitou a reunião do Conselho Deliberativo, na noite desta terça-feira (14), para recolher a assinaturas e encaminhá-las ao presidente da mesa, Marcelo Teixeira, pedindo a expulsão dela do quadro associativo. 

O pedido foi motivado pelo fato de Daniella ter ofendido os membros do conselho por meio da internet. Em uma publicação feita em uma rede social, a filha do mandatário escreveu: "Esses conselheiros são amigos do Marcelo Teixeira e (Modesto) Roma - ex-presidente do clube -, que quase fechou as portas do Santos. São abutres, querendo trazer o tal de (Orlando) Rollo - atual vice-presidente afastado - de volta. Nós, torcedores, temos que abrir os olhos se não os ladrões vão voltar".

No entendimento dos associados que encabeçam o pedido, Daniella merece punição por infringir o item B do artigo 16 do estatuto oficial do Santos, que prevê "a eliminação do quadro associativo do clube o associado que atingir, por ato público ou manifestação verbal ou escrita, a reputação, integridade , o prestígio, ou o conceito moral e o bom nome do Santos, de seus órgãos ou dos membros desse órgão".

Com o documento protocolado na secretaria do Conselho Deliberativo, a mesa diretora do grupo irá analisar a solicitação antes de mandá-lo para a Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS). Caso a CIS entenda que Daniella infringiu o estatuto, a questão será colocada em votação em uma futura reunião do grupo, que irá decidir pela eliminação ou não de Daniella do quadro associativo.