EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

26 de Junho de 2019

Com o Santos em recesso, Peres planeja reunião para definir reforma da Vila e novo CT

Roberto Diomedi, CEO da Bolton Group, virá ao Brasil após o nascimento do seu filho, no Emirados Árabes

Com a equipe de futebol em recesso, por causa da Copa América, o presidente do Santos, José Carlos Peres, aguarda o aval para agendar reunião com o CEO do Bolton Group, o empresário italiano Roberto Diomedi, no Brasil. Em pauta, projetos para a modernização da Vila Belmiro e para a construção de um novo Centro de Treinamento.

A ideia era que esse encontro ocorresse na primeira semana de junho. Porém, a esposa de Diomedi, que gerencia a empresa com sede em Dubai, nos Emirados Árabes, está em vias de dar à luz. 

Procurado por A Tribuna On-line, o empresário italiano afirmou que virá ao Brasil no mês que vem. Apesar de tal afirmação, ainda não há uma data acertada entre as partes.

“Não quero ficar longe (da esposa e do bebê que virá) nesse momento”, disse o CEO da Bolton Group e futuro pai de um menino para o site.

Diomedi estará no país para apresentar aos membros do Comitê de Gestão (CG) os planos.

Caso seja aprovada pelo CG, a proposta terá que ser apresentada e aceita pelos membros do Conselho Deliberativo.

Em março deste ano, Peres e Diomedi estiveram reunidos na sede da Bolton, em Dubai.

Na ocasião, eles assinaram uma cartão de intenções para a execução dos dois projetos. Posteriormente, o empresário ficou de vir ao Brasil em abril, mas o encontro acabou cancelado. 

Investimento

Decidido a associar a sua empresa ao nome do Santos, Diomedi tem se mostrado disposto a fazer um financiamento de aproximadamente US$ 60 milhões (mais de R$ 235 milhões) para realizar a modernização da Vila Belmiro e a construção do novo CT.

A Bolton, segundo Diomedi, é uma empresa que faz investimento em mineração em países africanos.