Club Brugge cobra o Santos na Fifa por empréstimo de Luan Peres

Alvinegro reconhece dívida e revela que negocia solução do caso com a equipe belga

O Santos tem mais uma questão na Fifa para resolver. Depois de o meio-campo Christian Cueva recorrer à entidade que comanda o futebol mundial para conseguir a liberação do Peixe rumo ao Pachuca, do México, o Club Brugge, da Bélgica, acionou o órgão para receber do Alvinegro o pagamento pelo empréstimo do zagueiro Luan Peres.

A informação foi confirmada para ATribuna.com.br por pessoas ligadas ao time belga. E, diante do imbróglio, o Internacional tentou tirar o jogador da Vila Belmiro.

O defensor de 25 anos foi contratado em agosto do ano passado e firmou vínculo com o Santos até dezembro de 2020. 

Para que isso ocorresse, no entanto, o time da Vila Belmiro se comprometeu a pagar 250 mil euros (R$ cerca de 1 milhão na cotação da época).

Segundo o apurado pela Reportagem, o combinado entre os clubes era que o pagamento fosse efetuado em outubro de 2019. Sem conseguir quitar a dívida, o Peixe solicitou a prorrogação do prazo e o Club Brugge aceitou receber o dinheiro em dezembro. 

A dívida, contudo, não foi paga e os dirigentes belgas pediram o retorno do zagueiro, que, por sua vez, manifestou o desejo de permanecer no Brasil. 

Ao tomar conhecimento da situação, o Internacional, já em janeiro deste ano, tentou a contratação de Luan Peres, também por empréstimo. Contudo, decidido a dar sequência ao seu trabalho no Peixe, o zagueiro escolheu permanecer, enquanto o Santos voltou a prometer que quitaria a dívida. 

Sem respostas da diretoria do Santos, os representantes do Club Brugge foram à Fifa reivindicar o pagamento pelo empréstimo do zagueiro.

Procurado, o Santos, por meio da sua assessoria de imprensa, admite que tem uma pendência com o time belga, mas ressalta que tem conversas com o clube europeu para a solução do caso.

Tudo sobre: