EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

23 de Agosto de 2019

Casais 'juntam' paixões e comemoram Dia dos Namorados na Vila Belmiro

Sérgio e Alessandra saíram de Suzano para passar a data no jogo do Santos. Já o casal Vanessa e Dimas estão sempre acompanhando o Peixe no estádio

Não é novidade para ninguém que o futebol é uma paixão nacional e faz parte do cotidiano. É um legítimo programa, sobretudo, às quartas-feiras e domingos. Mas e quando o compromisso com o time do coração coincide com datas festivas importantes para casais? Foi exatamente o que aconteceu nesta quarta-feira (12), Dia dos Namorados.

Para a advogada Vanessa Fernandes Alves, de 36 anos, e o cinegrafista Dimas Cortes, também de 36, isso não foi um problema. Juntos há 12 anos, mesmo casados, eles se consideram eternos namorados e decidiram comemorar a data unindo o amor que sentem um pelo outro com o que têm pelo Santos, e, assim como nas últimas três partidas que o Peixe disputou na Vila Belmiro, foram ao estádio alvinegro para acompanhar a partida contra o Corinthians, nesta quarta-feira (12)

“Decidimos juntar paixões, porque elas se completam”, disse, à Tribuna On-Line, a advogada, que frequenta a Vila com certeza regularidade desde que conheceu seu marido, e revela ter se tornado torcedora fanática por influência dele. Este é o primeiro Dia dos Namorados que os dois passam na casa do Santos.

Torcer para o mesmo clube que Vanessa, segundo Dimas, é “muito mais gostoso do que quando dois casais torcem para equipes distintas”. “Não tem aquela briga interna”, destacou o sócio-torcedor do Peixe e, assim como sua companheira, santista também de cidade.

De Suzano para a Vila

O casal de “namoridos”, como se autodefinem, Sérgio José de Almeida, de 45 anos, e Alessandra Laurindo, de 49, enfrentaram pouco mais de 100 quilômetros de estrada para estarem na Vila na noite desta quarta. Ele, que trabalha em indústria, e ela, vendedora, são de Suzano, cidade localizada na região metropolitana de São Paulo.

“O Santos faz parte da nossa vida como um casal. Comecei a trazê-la ao estádio, ela começou a gostar muito do time e virou fanática que nem eu”, afirmou o industriário, que logo em seguida é interrompido pela namorada: “Eu já tinha uma paixãozinha pelo Santos”, confessou. “Aí virou uma paixãozona”, complementou.

Os dois também passam o Dia dos Namorados na Vila Belmiro pela primeira vez. “Sou apaixonado por esse clube assim como sou por ela”, se declarou Sérgio. O casal está sempre que pôde na casa do Alvinegro, como eles dizem, e nesta data especial não seria diferente.

Sérgio e Alessandra viajaram de Suzano para acompanhar o clássico na Vila (Foto: Nathalia Perez/AT)